Segue até maio de 2013 os cursos de Eletricista Industrial e Caldeireiro oferecidos pela Prefeitura de São Francisco do Conde, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social – SEDES. A iniciativa do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – PRONATEC, foi criada pelo Governo Federal, em 2011, com o objetivo de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica (EPT) para a população brasileira, através do SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial.

Em São Francisco do Conde, a aula inaugural aconteceu no último dia 07, com as participações de Mary Bárbara Machado – Coordenadora Pedagógica (SENAI), Ricardo Celestino – Coordenador de Curso (SENAI), Jacival Moreira – Apoio a Coordenação de Curso (SENAI) e Flávio Anastácio – Coordenador do Pronatec em São Francisco do Conde. Andréa da Costa Cirqueira, Núcleo de Relacionamento com o Mercado SENAI (Unidade Cimatec – Sistema FIEB), pontuou que foi “muito bom saber que tudo ocorreu como tínhamos planejado, isso se dá também devido ao envolvimento de parceiros atuantes, como vocês. Nosso maior objetivo é trabalhar em busca de satisfazer as necessidades e expectativas dos nossos parceiros e clientes”.

Ao todo, 90 jovens participam das qualificações. Entre os educandos profissionais estão estudantes, pessoas que recebem Seguro Desemprego – cadastrados no Sistema Nacional de Emprego (SINE), trabalhadores diversos, pessoas com deficiência e beneficiários de programas sociais de transferência de renda, como o PAS (Programa de Acolhimento Social) e o Bolsa Família.  O curso de Caldeireiro tem carga horária de 240 horas/aula e o de Eletricista Industrial 300 horas, destacando que todos eles recebem uma Bolsa-auxílio. A previsão é que, em breve, novos cursos sejam oferecidos em São Francisco do Conde.

O órgão demandante desses cursos no município é o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e as aulas acontecem na Escola Julieta Ribeiro Porciúncula, situada à Rua Getúlio Vargas, n° 27, Centro.