Alunos da EJA participam da primeira fase do VOARTE

O Projeto VOARTE – Nas Asas da Arte Educação tem por finalidade utilizar a arte como princípio metodológico, visando fortalecer o processo de ensino e aprendizagem e ampliar o repertório literário e artístico dos envolvidos, em toda a rede municipal de ensino. Nessa perspectiva, os alunos da EJA – Educação de Jovens e Adultos não ficaram de fora e experimentaram todo o potencial da arte-educação.

Desenvolvido pela Coordenação de Arte Educação, da Secretaria Municipal da Educação – SEDUC, o VOARTE é dividido em duas fases. Atualmente, encontra-se em seu primeiro período – de 07 de julho a 08 de setembro – que corresponde à mostra para a comunidade dos trabalhos realizados na unidade escolar. Nessa fase, cujo tema é São Francisco do Conde: palco da beleza, das artes e dos espetáculos da vida, as linguagens artísticas norteadoras são Artes Visuais e Teatro.

Na turma da EJA da Escola Juvenal Eugênio de Queiroz foram trabalhadas diversas fábulas, através de leituras e conversação. Utilizando como matéria-prima, folhas de árvores, os alunos representaram “A raposa e a uva”. Ao final do projeto, será apresentada uma peça teatral com a mesma temática. Ainda nessa unidade escolar, a fábula “A cigarra e as formigas” foi recontada com o título “A família de trabalhadores e as filhas preguiçosas”, coordenado pela professora Jeane dos Anjos.

Na Escola Antonina Olímpia Pessoa da Silva, os alunos da EJA refletiram a formação do povo brasileiro, através do livro “Viva o povo Brasileiro”, de João Ubaldo Ribeiro. Sob a orientação da coordenadora Missione Marques e da professora Simone Araújo, os estudantes produziram representações da etnia africana, por meio de recortes e montagem.

Conforme explicou a coordenadora de Arte Educação da SEDUC, Alexsandra Neri, “o ensino das artes em classes da EJA pressupõe estimular o potencial artístico do aluno de forma prazerosa, possibilitando o ato de criar e produzir trabalhos artísticos e culturais de forma significativa. Ensinar arte para adultos requer olhar sensível para essa modalidade. O pensar e o fazer arte encorajam uma autoimagem positiva no adulto, estimulando a realização de estilos próprios e uma expressão pessoal”.

O VOARTE terá sua culminância em dezembro, com o Festival de Arte Educação de São Francisco do Conde – VOARTE, idealizado pelo secretário da Educação Marivaldo do Amaral. “Esse será o momento em que toda comunidade franciscana e região irá celebrar a aprendizagem da rede municipal de ensino, reverenciando as iniciativas artísticas das escolas traduzidas pelos alunos”, declarou o secretário.