Caminhada, distribuição de preservativos, palestras e testes rápidos marcaram ações de prevenção as Hepatites Virais

Em São Francisco do Conde, a Secretaria Municipal da Saúde – SESAU está abordando no mês de julho às Hepatites Virais e as formas de prevenção com palestras e outras atividades,  através das Unidades de Saúde da Família (USF).

Na USF do Centro I, a equipe realizou testes rápidos que detectam a doença no organismo através do sangue e promoveu ações educativas, como a distribuição de preservativos (uma das formas de prevenção).

No caso das hepatites B e C, é preciso um intervalo de 60 dias para que os anticorpos sejam detectados no exame de sangue.

A hepatite é a inflamação do fígado e ela pode evoluir (tornar-se crônica) e causar danos mais graves, como cirrose e câncer. É uma doença silenciosa que pode estar associada ao: cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

A equipe de saúde do Caípe de Baixo também promoveu atividade na Unidade salientando a importância da vacina contra a Hepatite B. No local foram realizados 120 testes rápidos, que além da Hepatite, também detectam HIV e Sífilis. Em Jabequara, a conversa foi voltada para as gestantes acompanhadas pela Unidade de Saúde, com orientações sobre Pré-natal, puerpério (período pós-parto) e a importância dos exames laboratoriais e outros, bem como a necessidade de manter a caderneta de vacinação da mãe e do bebê sempre atualizadas.

No final da palestra em Jabequara foi sorteado um berço.

Hepatites Virais

Formas de transmissão:

  • Contágio fecal-oral: condições precárias de saneamento básico e água, de higiene pessoal e dos alimentos (vírus A e E);
  • Transmissão sanguínea: sexo desprotegido ou compartilhamento de seringas, agulhas, lâminas de barbear, alicates de unha, pinças e outros objetos que furam ou cortam (vírus B, C e D);
  • Transmissão sanguínea: da mãe para o filho durante a gravidez, o parto e a amamentação (vírus B, C e D).

No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C.

Para se informar sobre a doença, procure a sua Unidade de Saúde da Família.