Debate de alto nível é esperado para a III Conferência Municipal de Educação

Na próxima quinta-feira, 07 de dezembro, uma nova história começará a ser contada em São Francisco do Conde. A partir desse dia, a Educação do município passará por um novo degrau, rumo a excelência – meta da gestão Evandro Almeida e ação do Plano Estratégico da Secretaria Municipal da Educação – com o projeto VOAR.

Para auxiliar nessa missão, aportará no município, um time de peso, formado por importantes nomes da gestão pública, mestres e doutores das principais universidades do país. Segundo o secretário da Educação, Marivaldo do Amaral, “educação com qualidade só se constrói com debate de alto nível. Esse é o nosso objetivo quando trazemos para cá, os principais nomes da Educação e da gestão pública na Bahia e no Brasil, com um excelente elenco de debatedores, gestores, professores, acadêmicos e pesquisadores. A ideia é que dessa conferência nós possamos ter o que for de melhor para o futuro da Educação de São Francisco do Conde”.  

A abertura da III Conferência Municipal de Educação acontecerá às 08h, na Câmara Municipal de Vereadores de São Francisco do Conde. O tema da Mesa-Magna é Educação Integral: Desafios e Perspectivas, que será proferida por Claudia Cristina Pinto Santos, Professora Mestre da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e membro atuante do Comitê Baiano de Educação Integral.Nessa conferência vai nascer, não somente uma contribuição para o cenário nacional, mas, sobretudo, vai nascer o norteador do Plano Municipal de Educação para os próximos anos. Essa é a meta e por isso trabalhamos intensamente para que esse evento aconteça em alto nível”, avaliou o secretário e professor Marivaldo.

A seguir, os nomes e breve-currículo dos mediadores que estarão à frente dos 09 eixos temáticos:

RODRIGO SANTOS, Ph.D. Doutor em Educação (UFBA); Mestre em Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social (FVC); Especialista em Política e Estratégia; MBA em Gestão Organizacional; Psicopedagogo; Pós-Graduado em Administração e Desenvolvimento de Recursos Humanos; Contabilista; e Terapeuta Organizacional. Consultor e Palestrante em áreas como Liderança Educadora; Protagonismo Jovem; Inteligência Aprendente; Vida e Carreira; Desenvolvimento Humano; Etnogestão e Mobilização Sociocomunitária. Atuou e atua como Coach/Mentor de Ministros, Chefes de Estado, Empreendedores e Educadores, com projetos exitosos em organizações públicas, privadas e do terceiro setor, em quatro continentes, tais como: Banco Mundial; ONU; UNICEF; Ministério da Educação, Cultura, Juventude e Desporto do Timor-Leste; Governo do Brasil; Companhia de Eletricidade de Macau (China); Eletricidade de Portugal (EDP); Fundação das Universidades Portuguesas (FUP), entre outras. Fundador e CEO do Instituto de Gestão, Educação, Política e Estratégia (INGEPE). Dentre as obras editoriais publicadas, é Coautor do livro Educação, Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social.

 

PAULO GABRIEL SOLEDADE NACIF é Professor Associado da UFRB e Assessor da Reitoria da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). Participa do Observatório Nacional de Inclusão e Diversidade na Educação -DIVERSIFICA. Desenvolve estudos nas áreas de “Inclusão e Diversidade na Educação” e “Solos e Meio Ambiente”. Já exerceu as seguintes atribuições na gestão pública: Secretário de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI) do Ministério da Educação (2015/2016); Reitor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB (2006/2015); Diretor da Escola de Agronomia da UFBA (2003/2006); Diretor de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Itabuna (1993/1995); Gerente de Pesquisa e Pós-Graduação da UESC (1992/1993). É Engenheiro agrônomo (Universidade Federal da Bahia, 1988) e concluiu o mestrado (1994) e o doutorado (2000) em Solos pela Universidade Federal de Viçosa.

 

ALEXSANDRO BURI Graduado em Direito pela Universidade Federal de Sergipe. Especialista em Direitos Humanos. Além de advogado, foi Procurador Jurídico da Prefeitura de Alagoinhas com atuação junto à Secretaria da Administração e Secretaria da Educação, tendo colaborado na revisão dos planos de Cargos e Salários do Magistério, Estatuto do Magistério, Plano Municipal da Educação; Diretor de Normas e Procedimentos da Controladoria Geral do Município de Lauro de Freitas, Controlador Geral dos Municípios de Alagoinhas e São Francisco do Conde, Assessor Parlamentar na Assembleia Legislativa da Bahia, consultor governamental, tendo prestado serviços às prefeituras de Serrinha, Amélia Rodrigues, Camamu, Santa Bárbara, dentre outros. Foi, ainda, Secretário de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude de São Francisco do Conde. Atuou, recentemente, como Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais de São Félix.

LUÍS FLÁVIO REIS GODINHO É pós-doutor em trabalho docente, desigualdades sociais e territoriais, no PPGSA-IFCS-UFRJ (2014), é Doutor em Sociologia – PPGS-UFPB (2008), é Mestre em Ciências Sociais – PPGCS-UFBA (2003) e Licenciatura/ Bacharelado em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (2000). Atualmente, é professor Associado I do Curso de Ciências Sociais e do Mestrado em Educação do Campo, ambos, da UFRB – Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia do Trabalho, dos Movimentos Sociais e da Educação, investigando os seguintes temas: trabalho e educação; estigma, racismo e educação, profissão docente e movimentos sociais e educação.

 

NADJA MARIA AMADO DE JESUS é doutoranda em Difusão do Conhecimento pelo Programa Multi-Interistitucional e Multidisciplinar em Difusão do Conhecimento (UFBA). É mestre em Políticas Públicas, Gestão do Conhecimento e Desenvolvimento Regional pela UNEB. É graduada em Pedagogia, também pela UNEB, com especialização em Planejamento e Gestão da Educação (UNEB). Está vinculada ao Grupo de Pesquisa Acompanhamento e Avaliação de Políticas Públicas (AAPP/UNEB). Atua nas áreas de gestão de redes municipais de ensino, políticas educacionais, formação de gestores escolares, formação de coordenadores pedagógicos, formação de professores do Ensino Fundamental e Médio e também na docência do Ensino Superior como professora das disciplinas de Gestão Educacional, Planejamento Educacional, Pesquisa e Prática Pedagógica, Estágio Curricular, em programas presenciais e a distância. Foi Coordenadora Executiva da Coordenação de Apoio à Educação Municipal (COAM), da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, no período de 2007 a 2016, onde promoveu ações de intensificação do regime de colaboração entre Estado e municípios baianos. Dentre as ações desenvolvidas destacam-se: o Assessoramento, a Elaboração de Planos Municipais de Educação; Assessoramento para Elaboração e Acompanhamento do Plano de Ações Articuladas (PAR); Formação para o Fortalecimento de Conselhos Municipais de Educação; Formação de Gestores Escolares; Formação de Coordenadores Pedagógicos, dentre outras. Atuou ainda, na implantação e coordenação do Programa de Alfabetização na Idade Certa (Pacto Bahia). É coordenadora pedagógica da rede Estadual de Educação e, atualmente, exerce suas atividades no Centro Estadual de Referência no Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (CEMITEC).

 

GEISA ARLETE DO CARMO SANTOS é Mestre em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia-UNEB (2009). Possui graduação em Pedagogia com Habilitação em Supervisão Escolar pela Faculdade de Educação da Bahia (1997), Especialização em Educação Infantil (Universidade do Estado da Bahia-UNEB 2000). Professora titular do Curso de Pedagogia da Fundação Visconde de Cairu – FVC. Presidente do Conselho Administrativo da FVC. Procuradora Institucional da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente com a Formação de Professores.

 

CARLINDO FAUSTO ANTÔNIO é professor da UNILAB, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira – São Francisco do Conde – Bahia. Foi professor adjunto, da UFAM, Universidade Federal do Amazonas de 2009 a 2013. Possui graduação em Português e Literatura de Expressão em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1993) e em Pedagogia pela UNINOVE (2010), é mestre em Ciências Sociais Aplicadas à Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1997) e doutor em Teoria Literária e História da Literatura pela Universidade Estadual de Campinas (2005). É escritor e autor, entre outros, dos livros (prosa) Exumos, Vaníssima Senhora, Descalvado e Vinte Anos de Prosa; (poesia) Fala de Pedra e Pedra, Linhagem de Pedra, Outra Pessoa, Elegia de Descalvado e Vinte Anos de Poesia; (teatro) De que valem os portões, Arthur Bispo do Rosário, o Rei, Rutília e Estamira e Patuá de Palavras; (Infantil) No Reino da Carapinha, publica anualmente na coletânea Cadernos Negros.

 

MÁRCIA TEREZA REBOUÇAS RANGEL é superintendente de Educação a Distância da Universidade Federal da Bahia e Coordenadora da Universidade Aberta do Brasil e aluna do Mestrado Profissional Gestão e Tecnologia Aplicada à Educação – GESTEC. Possui graduação em Administração de Empresas pela UCSAL e Pós-Graduação pela UFBA. Tem competências em: Gestão Pública – Tecnologia de aprendizagem – Metodologias de aprendizagem (presencial e online) – Produção de material didático em e-books interativos – Programas de desenvolvimento de pessoas – Gestão de pós-graduação – Desenvolvimento de programas avançados de pós-graduação – Gestão de Programas de Educação a Distância – Gestão de equipes de alto desempenho – Gestão de Redes de Colaboração e Aprendizagem.

 

PAULO ALFREDO MARTINS ROCHA é Professor da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, atua no Departamento de Ciências Humanas – DCH, Campus I em Salvador. Mestre em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental PPGEcoH / UNEB. Possui graduação em Pedagogia e Especialização em Metodologia do Ensino Superior pela Faculdade de Educação da Bahia. Desenvolve atividades de Ensino de Graduação e Pós Graduação, Pesquisa e Extensão. Dedicando-se ao campo da Pedagogia Universitária, envolvendo pesquisas e experimentos com práticas pedagógicas inovadoras. É Coordenador Pedagógico da Licenciatura Intercultural em Educação Escolar Indígena – LICEEI. Coordenador do Pibid Diversidade – Intercultural em Pedagogia Indígena (CAPES / MEC). Coordenou o Curso de Pedagogia (2010/2014). Coordenador de EA do Centro de Pesquisas em Ecologia e Conservação da Natureza – CASULO / Condomínio da Terra no Brasil (2006/2012). Autor dos livros Educação Holística; Desafios a Educadores e Educadoras da Nova Era, A Terra é um imenso condomínio, Pedagogias do São Francisco, entre outros. Tem experiência na área de Educação, Ecologia Humana e Meio Ambiente, Gestão Organizacional com ênfase em Pesquisa e Prática Pedagógica; Educação Ambiental, Arte Educação, Didática; Sociologia, Filosofia e História da Educação, Gestão de Pessoas, Gestão por Competências. Atua como consultor e conferencista nacional, principalmente nos temas: pesquisa, educação ambiental, ecologia, gestão, projetos, pedagogia, prática e tendências, avaliação. Trabalha com formação de professores indígenas. Professor Visitante na Pós Graduação UNIFACS, Juspetrum, FVC, SEGMENTO/FAP, FACIBA, São Luiz de França. F2J. Pesquisador vinculado ao PPGEcoH e ao NECTAS. É Professor pesquisador do PARFOR / CAPES.