É Trabalho: Centro de Apoio e Acompanhamento à Pessoa com Doença Falciforme será entregue a comunidade franciscana

 

Inauguração Centro Anemia

São Francisco do Conde vai ganhar um Centro de Apoio e Acompanhamento à Pessoa com Doença Falciforme, que levará o nome da saudosa prefeita de São Francisco do Conde Rilza Valentim, que veio a falecer em 24 de julho de 2014, devido a complicações causadas por esta doença. Saiba mais sobre o Centro aqui.

O Centro de Apoio e Acompanhamento funcionará na Avenida Juvenal Eugênio de Queiroz – Baixa Fria, para atender e dar apoio aos pacientes e familiares de pessoas que apresentam este problema de saúde, que é genético (nasce com a pessoa) e hereditário (passa dos pais para os filhos).

A inauguração será no dia 09 de novembro, a partir das 14h,  reunindo autoridades municipais e contará com a presença do deputado federal Jorge Solla, além da comunidade franciscana que através do espaço vai ter acesso a informação, diagnóstico e tratamento.

O objetivo do Centro é promover aconselhamento, acompanhamento e busca ativa, visando aumentar a qualidade de vida dos pacientes por meio de uma assistência de qualidade. A unidade funcionará com enfermeiro, psicólogo, nutricionista, assistente social e médico hematologista e contará com atendimento das 08h às 16h. O local que vai abrigar o Centro passou por reformas de adequação e será entregue a comunidade.

Em 27 de outubro foi comemorado na cidade o Dia de Luta pelos Direitos dos Pacientes com Doença Falciforme, onde a Prefeitura de São Francisco do Conde, através da Secretaria da Saúde – SESAU (por meio do Centro de Apoio e Acompanhamento ao Paciente com Doença Falciforme – Rilza Valentim) promoveu uma ação de educação, luta e esclarecimento sobre a doença, na Câmara de Vereadores