Formação para o programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP será realizada com professores da Rede Municipal de Ensino de São Francisco do Conde

Fruto da iniciativa Cidade Empreendedora, parceria da Prefeitura de São Francisco do Conde com o SEBRAE, a Secretaria Municipal da Educação – SEDUC irá realizar nos dias 12, 15, 19 e 22 de agosto, uma formação com professores da Rede Municipal de Ensino como parte do programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP. O objetivo é a disseminação da cultura empreendedora entre crianças e adolescentes, de maneira a estimular os comportamentos empreendedores e favorecer que o público infantojuvenil tenha a possibilidade de se tornar protagonista da própria vida.

O público-alvo da formação, que terá certificação do SEBRAE, com carga horária de 40h, inclui multiplicadores e professores da educação básica, capacitados nos cursos que compõem o portfólio do Programa Nacional de Educação Empreendedora para o Ensino Fundamental e para o Ensino Médio. “No âmbito da SEDUC, a proposta é realizar atividades voltadas para a Educação Empreendedora, a fim de atingir alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental Anos Iniciais, onde eles irão aprender competências e habilidades que competem ao empreendedor. A formação inicial será voltada para os professores que vão, posteriormente, atuarem como multiplicadores. Em um primeiro momento será desenvolvido um projeto-piloto para a EJA – no Instituto – e alunos regulares do CECBA”, explicou o Me. Anailton dos Anjos, responsável pela ação. “Em setembro, teremos o lançamento do JEPP, com a implantação do programa nas escolas”, continuou.

O programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos pretende estimular o protagonismo infantojuvenil com atitudes pró-ativas, capazes de produzirem oportunidades, “sem esperar que estas lhes batam à porta”, conforme citou Anailton. De acordo com ele, “espera-se propiciar condições para que os professores desenvolvam competências de natureza cognitiva, atitudinal e operacional. Também favorecer o desenvolvimento da coletividade, trazendo a comunidade para dentro da instituição de ensino, bem como multiplicando conhecimentos e benefícios para a região. Nos alunos, espera-se fomentar as dez características do comportamento empreendedor, bem como ensinar a realização do plano de negócios”.

O Programa Cidade Empreendedora é uma iniciativa do Sebrae que integra gestão pública e pequenos negócios em um ambiente de oportunidades, para estimular a economia local e desenvolver os municípios, além de melhorar o ambiente de negócios através da implantação de políticas públicas e ações de desenvolvimento para os pequenos negócios.

As 10 características do comportamento empreendedor são:

• Busca de oportunidades e iniciativa;

• Persistência;

• Correr riscos;

• Exigência de qualidade e eficiência;

• Comprometimento;

• Busca de informações;

• Estabelecimento de metas;

• Planejamento e monitoramento sistemáticos;

• Persuasão e rede de contatos;

• Independência e autoconfiança.

E as principais etapas para a elaboração do Plano de Negócios são:

• Identificação de oportunidade;

• Análise de mercado;

• Planejamento de marketing;

• Planejamento operacional;

• Planejamento financeiro.