I Festival de Arte Educação de São Francisco do Conde – VoArte: um divisor de águas na educação franciscana

O I Festival de Arte Educação de São Francisco do Conde – VoArte foi um dos maiores acontecimentos de todos os tempos no município. Durante os três dias em que o evento ocorreu, não se falava de outra coisa na cidade. Foram 240 atividades acontecendo simultaneamente, transformando os espaços em que aconteciam as ações, os Voarteares, em um mundo mágico da Arte e da Educação.

A realização desse grande momento para a Educação do município envolveu colaboradores de diversas secretarias da gestão Evandro Almeida, todos mobilizados em torno de um só objetivo: o padrão de excelência. Tantos esforços não foram em vão, pois como uma dança de valsa, todas as apresentações, dos quase 9.000 estudantes da rede, fluíram harmoniosamente, provocando encantamento no público que prestigiava as atrações.

Segundo o secretário da Educação Marivaldo do Amaral, “o festival é a culminância de tudo que aconteceu no cotidiano das escolas ao longo do ano letivo de 2017. O VOARTE é uma estratégia pedagógica que promove um ciclo de aprendizagens, em que as linguagens artísticas são os instrumentos utilizados para promover o incentivo à leitura e despertar a criatividade dos estudantes, que terminou revelando verdadeiros talentos em nossa rede”.

O I Festival de Arte Educação de São Francisco do Conde – VoArte aconteceu, simultaneamente, em quatro espaços – a Câmara Municipal de Vereadores, o Largo Maria do Benzê, as quadras da orla e o Mercado Cultural – com ações pedagógicas em que os alunos matriculados nas unidades escolares do município apresentaram o que aprenderam durante o ano letivo em forma de Teatro, Dança, Música e Artes Visuais. O festival também teve espaço para os estudantes da EJA e os universitários.

Além das apresentações que ocorriam nos locais já mencionados, um diferencial do festival foram os espaços Voartear, pequenas tendas, cada uma voltada para uma temática específica, como: Voartear Tecendo Arte, Voartear Com Arte, Voartear Poesia e Arte, Voartear Cinema, Voartear Cantarolando, Voartear Musicalizando, Voartear Teatralizando, Voartear Sarau, Voartear Historiando, Voartear Literando, Voartear Criando, Voartear Proseando, Voartear Academia, Voartear Meio Ambiente, Voartear Nutrição, Voartear Franciscaneando e Voartear em Pauta.

Um dos destaques da ampla programação foi o Cortejo Afro conduzido pela Negra Jhô, pseudônimo de Valdemira Telma, artista das tranças, torços e turbantes, natural da Muribeca, que tem “causado” no mundo da moda. A ação foi mobilizada pela gerente de Educação Ambiental Angélica Paixão.

Outro ponto alto do festival foi a Homenagem aos Mestres, personalidades da Educação que fizeram história nas escolas do município, e o show de Izabel Nogueira, que fechou com chave de ouro a programação do I Festival de Arte Educação de São Francisco do Conde – VoArte.