Novo prédio da SEDUC será inaugurado na próxima semana

No dia 27 de fevereiro será inaugurado o moderno prédio onde irá funcionar a Secretaria Municipal da Educação – SEDUC. A mudança simboliza o momento atual da Educação de São Francisco do Conde, que avança a passos largos rumo à excelência, além de promover a unificação da maior secretaria da gestão Evandro Almeida, refletindo em melhores resultados para a população.
Com as novas instalações, também ocorrerá a redução de gastos, uma vez que a gestão municipal deixará de pagar o aluguel de 5 prédios que serviam a setores da SEDUC, como o Educa Chico e o  Programa de Apoio ao Universitário Sanfranciscano – PROUNIFAS.
“O objetivo da mudança para o novo prédio é tornar a gestão da SEDUC mais eficaz e eficiente. O valor economizado dos alugueis será investido diretamente na Educação municipal. Além disso, concentraremos em uma mesma unidade, todos os departamentos, gerências e unidades da secretaria, otimizando a gestão para dar resultados mais rápidos à população”, declarou o secretário da pasta, Marivaldo do Amaral.
O novo prédio, reformado com recursos próprios, conta com 07 salas no pavimento superior e 25 no inferior, acolhendo confortavelmente toda a equipe de trabalho, otimizando e facilitando a comunicação entre os departamentos. A grande novidade é o Auditório 02 de Julho, que possui infraestrutura de ponta, totalmente climatizado, em um projeto moderno de iluminação e áudio.
O auditório, que chega a lotação máxima de 1.000 de pessoas, possui sanitário masculino, feminino e um especial, reservado a Portadores de Necessidades Especiais (PNE). Em uma justa homenagem às lutas pela Independência da Bahia, o Auditório 02 de Julho é um espaço ideal para a realização de eventos variados, convertendo-se em um local propulsor da educação, da economia e da cultura regional.
O edifício, em vias de ser inaugurado, já serviu ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial  – SENAI e, antes disso, nele funcionava uma fábrica. A nova SEDUC está localizada na Baixa Fria, defronte à Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira – UNILAB.