NutriSUS reforça alimentação nas creches municipais

Estima-se que 20,9% das crianças menores de 05 anos no Brasil sofram de anemia. A fim de combater essa estatística, o programa NutriSUS começou a atuar em São Francisco do Conde.

O NutriSUS consiste na fortificação da alimentação infantil com micronutrientes, através da adição direta de vitaminas e minerais em pó aos alimentos. Tendo por objetivo potencializar o pleno desenvolvimento infantil, a inciativa previne e controla as deficiências nutricionais na infância, sobretudo, a anemia por deficiência de ferro.

O ferro, conhecido nutriente do feijão, tão presente na mesa dos brasileiros, é um dos micronutrientes de maior dificuldade de se atingir as recomendações diárias na alimentação, principalmente pelas crianças, em decorrência do pequeno volume ingerido. A suplementação alimentar do NutriSUS, que beneficia mais de 330 mil estudantes no país, é oferecido às crianças de 6 meses a 3 anos e 11 meses nas creches públicas do território nacional.

As creches Casulo e Maria das Mercês foram as primeiras unidades escolares da rede municipal de ensino de São Francisco do Conde a implementarem o NutriSUS. Pretendemos estender o programa para todas as outras, muito em breve”, informou o secretário da Educação Marivaldo do Amaral. A iniciativa ocorre nas unidades monitoradas pelo programa Saúde nas Escolas, realizado em parceria, desde 2008, pelos ministérios da Saúde e da Educação.

Hoje, a SEDUC deu um salto para afastar crianças de 1 a 4 anos, que frequentam as creches da rede municipal, da desnutrição infantil. São Francisco do Conde abraçou essa causa e começamos a implementar o NutriSUS, com suplementação de ferro, vitamina C, vitamina A, zinco e  selênio”, disse Joélia Borges, nutricionista responsável técnica da SEDUC, que comemorou: “criança nutrida é criança na escola!”.