Pacientes de São Francisco do Conde que realizam hemodiálise em cidades circunvizinhas visitam as instalações do Instituto de Nefrologia do Recôncavo (INERE)

A Prefeitura de São Francisco do Conde, por meio da Secretaria Municipal da Saúde – SESAU, reuniu na última terça-feira (06), uma nova turma de pacientes que realiza o tratamento de hemodiálise em outras cidades da região, para conhecer as instalações do Instituto de Nefrologia do Recôncavo – INERE, na cidade de Santo Amaro. No último dia 26 de julho, foi promovida a primeira visita, onde 24 pacientes do município tiveram a oportunidade de conhecer o instituto, compartilhando dessa mesma experiência.

O intuito dessas visitas é possibilitar que os pacientes que atualmente são atendidos pelo Tratamento Fora do Domicílio – TFD tenham a possibilidade de conhecer o espaço, esclarecer eventuais dúvidas e exporem suas opiniões. Hoje, São Francisco do Conde atende com transporte e Tratamento Fora do Domicílio (TFD) cerca de 30 pacientes com insuficiência renal, que realizam o procedimento de diálise, três vezes por semana, em locais fora do município.

De acordo com a coordenadora de Enfermagem e especialista em Nefrologia, Francislene Ribeiro Santos, a qualidade de vida desses pacientes mudará para melhor. “A possibilidade de realizar esse tratamento em um município próximo da residência traz muitos benefícios. A questão da segurança em relação aos riscos inerentes que podem ocorrer em deslocamentos para municípios mais distantes, a redução de possibilidades de intercorrência em viagens de longas distâncias, além dos benefícios da comodidade, do conforto de estar próximo de casa, da família, além de muitos outros quesitos, como os cuidados da equipe, um acompanhamento de um modo geral, mais próximo do paciente”, disse. O Instituto de Nefrologia do Recôncavo, inicialmente, atenderá aproximadamente 40 pacientes. Porém, a intenção é de aumentar esse número, chegando a capacidade de realizar 210 atendimentos.

Os pacientes se mostraram entusiasmados com a estrutura física e também pela quantidade e qualidade dos equipamentos, além do amplo espaço do local. André Luís Nascimento, paciente que reside no Monte Recôncavo, achou muito interessante a ideia de visitar o instituto. “Fiquei impressionado com a estrutura física, ainda mais por se tratar de uma clínica para pacientes do SUS, poder ter acesso a um local assim, como esse, eu achei maravilhoso! E nós não tínhamos esse acesso, tão próximo de casa. E agora poder evitar o estresse de engarrafamentos, de sair de casa pela manhã e só chegar a noite. O fato de ser perto, vai ser ótimo!”, relatou. “Gostei muito da clínica, de conversar com o pessoal, de conhecer as máquinas, tudo novo e moderno. E nós quando saímos da hemodiálise, ficamos muito cansados. A vontade é de ir logo para casa, descansar”, disse Roquelina Costa de Jesus, moradora do Centro, que realiza diálise há 26 anos.

Através de uma parceria entre o Governo do Estado, seis municípios do Recôncavo Baiano e a iniciativa privada, a Prefeitura de Santo Amaro inaugurou no dia 12 de abril de 2019, o Instituto de Nefrologia do Recôncavo – INERE, que atenderá aos moradores do município santo-amarense, bem como as cidades de São Francisco do Conde, Candeias, São Sebastião do Passé, Madre de Deus e Saubara. Com esse novo equipamento de saúde pública, a região ganha relevância no tratamento dos pacientes que sofrem de insuficiência renal.

Nós tivemos essa preocupação não somente a nível de estrutura física, mas também a nível de pessoal. Nós temos a responsabilidade com a vida e o tratamento de cada paciente, todos os procedimentos que forem realizados aqui, serão dentro das normas e padrões estabelecidos, e a equipe foi escolhida pensando em realizar um trabalho, visando a qualidade a nível de excelência”, destacou a coordenadora Francislene.