Retrospectiva da Saúde 2018: Prefeitura entregou novos espaços, equipamentos e serviços à comunidade

Em 2018, a Prefeitura de São Francisco do Conde, através da Secretaria Municipal da Saúde – SESAU, entregou a comunidade franciscana novos serviços de saúde e novos espaços e equipamento para melhorar e ampliar o acesso da comunidade franciscana aos serviços da rede. O objetivo é ampliar o acesso da comunidade e entregar espaços mais confortáveis e acolhedores.

 Confira as inaugurações, entregas e mudanças de endereço:

No mês de janeiro de 2018, a Prefeitura de São Francisco do Conde entregou a comunidade franciscana o Núcleo Integrado de Cuidados à Criança e à Pessoa com Doença Falciforme Rilza Valentim, neste espaço passou a funcionar também o ambulatório de pediatria com atendimento multiprofissional com psicólogos e nutricionistas para acompanhar o desenvolvimento das crianças.

A entrega deste equipamento público, que fica na Avenida Juvenal Eugênio de Queiroz – Baixa Fria, representou a continuidade do serviço de cuidado e acompanhamento às pessoas com doença falciforme com equipe multiprofissional e hematologista.

Também em janeiro, aconteceu a entrega do Complexo de Saúde do Caípe de Baixo, que uniu no mesmo local a Unidade de Saúde da Família do bairro e o Núcleo de Atenção à Mulher.

Com esse serviço, a comunidade do entorno recebeu uma Farmácia Básica, um Núcleo de Atenção à Mulher com atendimento de ginecologista, obstetra para gestantes de alto risco, mastologista, nutricionista, assistente social e um estúdio de pilates e fisioterapia.

O local também possui uma Farmácia Natural com chás e ervas que podem estar associadas a outros medicamentos, com o consumo orientado.

A horta é composta por: Alfazema, Alumã ou Boldo-baiano, Água de elevante ou Levante, Citronela ou Citronela-de-java; Cana de macaco, Cana roxa ou Cana do brejo; Doril, Carrapichinho, Perpétua, Sempre-viva ou Quebra-panela; Folha da costa, Planta do ar, Coirama, Coirama-branca; Guaco, Guaco-liso ou Guaco-de-cheiro; Melhoral, Cerebril ou Chambá; Malva, Malva-cheirosa ou Malva-grande; Poejo, Hortelãzinha ou Erva-de-são-lourenço; Tansagem, Acatá ou Tanchagem-terrestre.

O Complexo de Saúde fica no bairro do Caípe de Baixo, próximo ao Posto Avançado do Caípe e atende de segunda a sexta-feira.

Em 2018, o município de São Francisco do Conde recebeu mais uma ambulância, no dia 31 de janeiro. A entrega foi feita pelo governador da Bahia, Rui Costa, através da Secretaria da Saúde do Estado – SESAB, por meio de uma emenda parlamentar de autoria da senadora Lídice da Mata (PSB), com o intermédio e o requerimento de autoria dos vereadores do Partido Socialista Brasileiro (PSB) do município, Edcarlos de Almeida Vasconcelos (Pita de Gal), José Reis dos Santos (Reizinho) e Renato Costa Rosa Júnior.

A partir desta doação, o município passou a contar com 12 ambulâncias devidamente equipadas para a condução adequada no transporte de pacientes.

A comunidade franciscana recebeu em 2018, dois novos e importantes equipamentos: a nova Ala Obstétrica no Hospital Docente Assistencial Célia Almeida Lima, um ambiente mais acolhedor e com mais cuidado e respeito ao processo natural do parto, além de uma nova e completa Unidade de Saúde da Família no bairro do Centro II – ampliando a cobertura de Saúde da Família no município de 97% para 100%.

 A Central de Marcação de Consultas e Exames ganhou um novo endereço, visando facilitar o acesso da comunidade. O novo endereço é na Rua Mário Augusto Teixeira de Freitas – Centro, em frente à sede da Secretaria Municipal da Saúde – SESAU.

No local é possível fazer a marcação de exames médicos de alta complexidade, a exemplo de tomografias e ressonâncias. Já as marcações para a rede municipal como: Centro de Referência à Saúde da Mulher – CRESAM e Hospital Docente Assistencial Célia Almeida Lima, entre outros, acontece nas 16 Unidades de Saúde da Família.

 O Hospital Docente Assistencial Célia Almeida Lima recebeu um novo e moderno aparelho de radiografia digital. A substituição do antigo equipamento era uma demanda constante da população franciscana. Para adequar o espaço ao novo aparelho, a Secretaria da Saúde fará uma reforma na sala. 

Vem aí em 2019:

  • O governador Rui Costa veio a São Francisco do Conde, em 05 de março, para assinar às ordens de serviços para construção da sede do Centro de Atenção Psicossocial – CAPS I e da Academia da Saúde (anexo ao CAPS I), que ficarão localizadas no Gurujé.

 Os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) são serviços de saúde constituídos por equipe multiprofissional, realizando prioritariamente atendimento às pessoas com sofrimento ou transtorno mental, incluindo aquelas com necessidades decorrentes do uso de álcool e outras drogas, seja em situações de crise ou nos processos de reabilitação psicossocial.

Já o Programa Academia da Saúde tem como principal objetivo contribuir para a promoção da saúde e modos de vida saudáveis.

Em outubro de 2018, o prefeito Evandro Almeida e o vice-prefeito Carlos Alberto Bispo Cruz (Nem do Caípe), além de autoridades estaduais, como o secretário de Saúde Fábio Vilas-Bôas, bem como prefeitos de municípios circunvizinhos, promoveram um ato de Assinatura do Termo de Compromisso para Ampliação e Adequação das futuras instalações da Policlínica Regional de Saúde, em solo franciscano.

Com essa assinatura, a Policlínica construída pelo município será ampliada em sua estrutura física e capacidade de atendimento, elenco de exames e especialidades médicas, de forma a atender também os municípios de Candeias, Madre de Deus, Saubara, Santo Amaro e São Sebastião do Passé.

Para viabilizar as Policlínicas e o atendimento regional, foram criados os Consórcios Interfederativos de Saúde. Nos consórcios, municípios de uma mesma região se juntam para dividir os custos com a assistência, de acordo com a população de cada cidade.