São Francisco do Conde está representado no 1º Encontro Mineiro de Assistentes Sociais

Encontro Mineiro de Assistentes Sociais –Doença Falciforme

A Secretaria da Saúde – SESAU, de São Francisco do Conde, será representada pela assessora especial Telma Silva e pela enfermeira Ana Cláudia Reis, em um encontro de assistentes sociais sobre Doença Falciforme,  em Belo Horizonte – Minas Gerais, nos dias 19 e 20 de junho. Com o objetivo de agregar conhecimentos para a implementação da linha de cuidado na atenção primária sobre anemia falciforme no município com a atuação de uma equipe multiprofissional. 19 de junho é Dia Mundial de Conscientização sobre a Doença Falciforme.
Encontro Mineiro de Assistentes Sociais1O “1º Encontro Mineiro de Assistentes Sociais – Doença Falciforme: Linha de Cuidados” é promovido pelo Centro de Educação e Apoio para Hemoglobinopatias (Cehmob-MG). O objetivo do evento é promover discussões sobre a atuação do Assistente Social na atenção à pessoa com doença falciforme. Com estimativa de 500 participantes, entre assistentes sociais dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Previdência Social e da Atenção Primária à Saúde.

Durante o Encontro de Assistentes Sociais serão abordados temas relacionados à epidemiologia, fisiopatologia e principais manifestações clínicas da doença falciforme; atenção integral; previdência social; racismo institucional; atuação do assistente social na rede assistencial; vivência das famílias e pessoas com doença falciforme.
Anemia Falciforme

A Anemia Falciforme é uma deformidade no formato das células vermelhas do sangue (hemácias) que, normalmente, tem o formato de um disco, mas que no portador da anemia falciforme, adquirem a forma de uma foice, daí o seu nome. Em situações específicas, as hemácias falciformes tornam-se rígidas, aderindo-se à parede dos vasos sanguíneos, obstruindo-os e dificultando a circulação do sangue.