São Francisco do Conde ganhará Policlínica Regional de Saúde

Em busca da ampliação na oferta de serviços de saúde para a comunidade franciscana, bem como exames e especialidades médicas de Média e Alta Complexidade, a Prefeitura de São Francisco do Conde, através da Secretaria Municipal da Saúde – SESAU, vai firmar com o Governo do Estado, através da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia – SESAB, o Termo de Compromisso para Ampliação e Adequação das futuras instalações da Policlínica Regional de Saúde, em solo franciscano, no dia 03 de outubro, a partir das 09h, na sede da Policlínica, na Avenida Juvenal Eugênio de Queiroz – Baixa Fria. 

Com a assinatura, a Policlínica construída pelo município será ampliada em sua estrutura física e capacidade de atendimento, elenco de exames e especialidades médicas, de forma a atender também os municípios da região, como: Candeias, Madre de Deus, Saubara, Santo Amaro e São Sebastião do Passé.

As Policlínicas Regionais de Saúde estão mudando a realidade da assistência de Média e Alta Complexidade na Bahia. Elas estão sendo construídas em locais estratégicos no interior do estado, possibilitando descentralizar a assistência, regionalizar o atendimento ao cidadão, que passa a ter acesso aos serviços perto de casa, sem precisar se deslocar longas distâncias ou aguardar tempo excessivo para o atendimento

Para viabilizar as Policlínicas e o atendimento regional, foram criados os Consórcios Interfederativos de Saúde, que administram as unidades. Nos consórcios, municípios de uma mesma região se juntam para ratear os custos com a assistência, de acordo com a população de cada cidade.

 A obra, além de gerar emprego e renda, será um marco na melhoria da oferta de serviços de saúde em toda região. Até o momento, já estão em funcionamento oito policlínicas regionais: são as de Valença, Teixeira de Freitas, Guanambi, Irecê, Jequié, Feira de Santana, Alagoinhas e Santo Antônio de Jesus.

Especialidades médicas oferecidas através das Policlínicas:

Angiologia;

Cardiologia;
Endocrinologia;
Gastroenterologia;
Neurologia;
Ortopedia;
Oftalmologia;
Otorrinolaringologia;
Ginecologia/obstetrícia;
Mastologia;
Urologia.
(Elenco de serviços depende do perfil epidemiológico da população da região)

Exames:

Ressonância Magnética (com e sem contraste);

Tomografia (com e sem contraste);

Mamografia;
Ultrassonografia com doppler;

Ecocardiografia;
Eletroneuromiografia;
Teste Ergometrico;

Mapa;
Holter;
Eletroencefalograma;
Raio-X de 500Am;

Eletrocardiograma;
Endoscopia;
Colonoscopia;
Nasolaringoscopia.

Procedimentos:

Vasectomia;
Cauterização;
Pequenas cirurgias;

Cuidados com o pé diabético;

Biópsias (mama, tireoide, próstata, dérmica, gastroenteral, etc);

(a depender do perfil da Policlínica)

Contratação de pessoal

A contratação de trabalhadores para atuar nas Policlínicas é feita por meio de seleção pública ou simplificada, realizada por instituições que possuem muita experiência na realização de processos seletivos do tipo.

Os editais ficam mais de um mês publicados e com inscrições abertas. A divulgação acontece de forma ampla, em veículos de comunicação e nas redes sociais. A contratação é feita via CLT pelo Consórcio de Saúde de cada região em que a unidade está sendo construída.