Saúde promoveu atividades sobre Hanseníase, Esquistossomose, Alimentação Saudável e ações em parceria com o CRAS

A Secretaria Municipal da Saúde – SESAU, por meio de ações das Unidades de Saúde da Família, que atuam levando prevenção e promoção à saúde nos bairro do município, realizou atividades voltadas à comunidade franciscana.

No dia 30 de julho, A USF do bairro do Socorro, em parceria com o Centro de Referência de Assistência Social – CRAS participou do Projeto CRAS em Movimento com atendimentos psicossociais, atualização e cadastro do Programa Bolsa Família e ações do Conselho Tutelar.

O Centro de Referência de Assistência Social – Cras é a porta de entrada da Assistência Social, onde são oferecidos serviços com o objetivo de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade. Assim, possibilita o acesso da população aos serviços, benefícios e projetos de assistência social.

Público Atendido

Pessoas com deficiência, idosos, crianças retiradas do trabalho infantil, pessoas inseridas no Cadastro Único, beneficiários do Programa Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros.

Saúde na Escola

Também foram registradas ações de saúde nas Escolas Bento Gonçalves e Álvaro Rodrigues Vasconcelos, no bairro de Jabequara, onde a Unidade de Saúde da Família promoveu palestras e atividades alusivas a Hanseníase e Esquistossomose.

Sinais e Sintomas de Hanseníase:

◾Manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas, em qualquer parte do corpo, com perda ou alteração de sensibilidade térmica (ao calor e frio), tátil (ao tato) e à dor, que podem estar principalmente nas extremidades das mãos e dos pés, na face, nas orelhas, no tronco, nas nádegas e nas pernas.

◾Áreas com diminuição dos pelos e do suor.

◾Dor e sensação de choque, formigamento, fisgadas e agulhadas ao longo dos nervos dos braços e das pernas.

◾Inchaço de mãos e pés.

◾Diminuição sensibilidade e/ou da força muscular da face, mãos e pés, devido à inflamação de nervos, que nesses casos podem estar engrossados e doloridos.

◾Febre, edemas e dor nas juntas.

Fatores de risco da Esquistossomose?

◾Existência do caramujo transmissor.

◾Contato com a água contaminada.

◾Fazer tarefas domésticas em águas contaminadas, como lavar roupas.

◾Morar em comunidades rurais, especialmente populações agrícolas e de pesca.

◾Morar em região onde há falta de saneamento básico.

◾Morar em regiões onde não há água potável.

Sinais e sintomas da Esquistossomose:

◾febre;

◾dor de cabeça;

◾calafrios;

◾suores;

◾fraqueza;

◾falta de apetite;

◾dor muscular;

◾tosse;

◾diarreia.

E, no dia 31 de julho de 2019, foi a vez da Escola Arlete Magalhães (antigo CEJAL) receber atividades direcionadas aos alunos, através do Programa Saúde na Escola.

O objetivo foi falar sobre alimentação saudável e prevenção da obesidade, além de saúde bucal. Toda equipe da Unidade de Saúde da Família Nova São Francisco participou da ação, que ainda promoveu consulta médica individual para pais e alunos.