Secretária de Turismo de São Francisco do Conde se reuniu com os membros da Comissão dos “São da Gente” e “Arraiá do Vem cá” para fazer um balanço do festejos juninos no município

A secretária de Turismo de São Francisco do Conde, Ússula Flávia, se reuniu na manhã da última segunda-feira (09) com os membros da Comissão do “São João da Gente” e do “Arraiá do Vem Cá”, bem como representantes da Associação de Músicos, da Academia de Letras e Artes, da Câmara de Dirigentes Lojistas, além de representantes das secretarias envolvidas no projeto.
Na oportunidade, foi discutido o balanço dos festejos juninos tanto na sede quanto no bairro de Campinas. A secretária discorreu sobre a importância de regulamentar as comissões, bem como o novo formato que se propõe para os eventos no município, sempre buscando o diálogo com esses segmentos para que possam construir junto com o poder público alternativas de eventos em formato sustentável. A gestora também ressaltou a necessidade de construir, junto a essas frentes de trabalho, dados estatísticos e parâmetros para a realização dos próximos eventos, tendo como base sempre aprimorar e proporcionar, tanto para os munícipes quanto para os visitantes, um evento cada vez melhor. “Precisamos discutir um novo formato sustentável para os festejos de São Francisco do Conde, com uma perspectiva a longo prazo, em todos os âmbitos sociais e institucionais. É preciso maximizar resultados e minimizar despesas, tudo isso contemplando todos os atores envolvidos . Não desistimos em nenhum momento e fomos à luta para a realização desse projeto desafiador que foi o São João da Gente e o Arraiá do Vem Cá”, disse.
O presidente da Comissão do “São João da Gente”, Jotta Fonseca, destacou a união de todos os envolvidos no projeto, a participação da população e o apoio do poder público. “Desde o momento que nos reunimos, percebemos a vontade de cada segmento para que essa tradição não morresse. Essa motivação de construir foi o grande ganho que a gente teve e ficou claro que a comunidade, junto com o apoio do poder público, pode construir e realizar projetos como esse. A experiência foi ótima e tivemos a oportunidade de mostrar o nosso trabalho”.
O superintendente da Secretaria de Gestão Administrativa, Roque Pita, que também esteve presente na reunião de avaliação, pontuou que apesar das dificuldades que o município vem enfrentando, a concretização desse projeto demonstrou a união de todos os envolvidos, em especial da participação da população franciscana, a exemplo dos músicos e comerciantes locais, “o município é um todo e precisamos trabalhar em conjunto”. Já Allan da Silva – representando a Associação de Músicos, agradeceu a gestão municipal por ter confiado no comprometimento do segmento para a realização da festa e ressaltou o seu contentamento em fazer parte dessa construção. “Graças a Deus, cumprimos todos os horários e deu tudo certo.  Eu olhava para o evento e me sentia feliz por fazer parte dessa construção. As amizades que eu fiz também me trouxeram muita alegria. Que essa construção seja algo contínuo. Amadurecemos muito durante esse processo”.
Denílson da Silva, que falou em nome da Comissão do “Arraiá do Vem Cá”, descreveu o sentimento de gratidão e dever cumprido em ter participado dessa construção. “Andando pelas ruas da comunidade de Campinas e muitas pessoas me paravam para falar positivamente sobre a festa. Um momento de alegria que pudemos perceber a participação popular para que essa festa que todo mundo gosta pudesse acontecer. Quero aqui deixar registrado o meu agradecimento a toda comunidade, ao poder público, a todos os segmentos envolvidos, a Câmara de Vereadores, bem como ao vereador Luís de Campinas, que também nos apoiou“.
É importante salientar que 32ª edição do “Arraiá do Vem Cá”, bem como a realização do “São João da Gente” contou com o patrocínio da Caixa e Governo Federal, tendo ainda o apoio da Prefeitura de São Francisco do Conde, através das secretarias municipais de Turismo (SETUR), Cultura (SECULT), Desenvolvimento Econômico (SEDEC), Saúde (SESAU), Gestão Administrativa (SEGAD), Comunicação (SECOM) e Serviços, Conservação e Ordem Pública (SESCOP) e com o apoio cultural da Câmara Municipal de Vereadores.