Turismo promoveu “Café com Música”

Após o grande sucesso do Carnaval Cultural de São Francisco do Conde: “Nosso Espaço, Nossa Cor, Nossa Cultura”, tema da edição 2018, que levou centenas de foliões às ruas da cidade, a Secretaria Municipal de Turismo – SETUR realizou na manhã desta terça-feira, 06 de março, às 09h, o Projeto “Café com Música”. O Café aconteceu na Fazenda Engenho D’Água, propriedade particular situada no município.

O “Café com Música” teve como objetivo apresentar as ações de fortalecimento do arranjo produtivo dos músicos de São Francisco do Conde, cuja ações visam fomentar o arranjo produtivo da música local para que bandas e músicos se tornem protagonistas em outros espaços. Além disso, o intuito foi promover uma interação entre os músicos e proporcionar uma política de fomento ao conhecimento, através do intercâmbio da troca de experiências e habilidades dos artistas.

Estiveram presentes no evento, o prefeito Evandro Almeida, o vice-prefeito e secretário de Governo Carlos Alberto Bispo Cruz (Nem do Caípe); secretários municipais, vereadores, entre outras autoridades.

Em seu pronunciamento, o prefeito falou sobre a importância desse momento: “Meu trabalho sempre esteve voltado para a valorização do povo de São Francisco do Conde e com a cultura musical não seria diferente. Através da SETUR foi realizado o cadastramento das bandas do município, pois cadastrando essas bandas vimos a melhor maneira de fazer o produto de São Francisco do Conde ser contemplado, ser valorizado e reconhecido por todo município e fruto disso foi que conseguimos realizar um Carnaval com a maior parte dos músicos oriundos do município”.

O vice-prefeito e secretário de Governo, Carlos Alberto Bispo Cruz (Nem do Caípe), assim como o prefeito, ressaltou a importância do evento: “Estamos realizando este café para mostrar o reconhecimento e importância que os músicos tem para nossa gestão”, enfatizou.

“O ponto de partida do projeto foi o cadastramento realizado em 2017, conforme a portaria nº 001/2017, que visa fomentar e preservar o patrimônio cultural, através da valorização da música, da dança e da história, com incentivo da participação popular. Durante o processo foram cadastrados 89 grupos, sendo 61 da Sede e 28 dos bairros da Muribeca, Monte Recôncavo, Campinas, Coroado, Jabequara, Santo Estevão, Ilha do Paty, D. João e São Bento dos Lajes.  Dentre os estilos cadastrados no projeto, destacou-se o Arrocha, Samba, Pagode, Sertanejo e Gospel, onde foi possível confirmar a diversidade musical existente no município. Embasados nesses dados, foi composta a grade do Carnaval Cultural 2018, onde 90% das atrações foram da cidade, atendendo tanto a Sede quanto os bairros”, destacou a secretária de Turismo, Ússula Flávia Pinto.

Ao final do “Café com Música”, a cantora franciscana e sambista Izabel Nogueira também destacou a importância dessa ação: “Esse evento, para nós músicos, é de suma importância, pois mostra a valorização e respeito que precisamos. Acho que foi justamente isso que a secretária Ússula Flávia, juntamente com nosso prefeito Evandro Almeida, procurou fazer em relação aos nossos músicos, carentes dessas oportunidades. Acho que esse momento expressa o protagonismo musical, tanto é que nós comparecemos em massa, porque acreditamos no trabalho dessa administração e temos muito a contribuir enquanto artistas dessa cidade. É bom que o artista franciscano aplauda outros artistas franciscanos, precisamos de união”, declarou a cantora.