Um dia de formação profissional e desenvolvimento humano na Rede Municipal de Ensino de São Francisco do Conde

Durante todo o dia de ontem (06), os profissionais de Educação das escolas municipais Joaquim Alves Cruz Rios e Instituto Municipal Luiz Viana Neto estiveram envoltos em duas formações promovidas pela Prefeitura de São Francisco do Conde, através da Secretaria Municipal da Educação – SEDUC. Em um dos turnos, conheceram o sistema Infocraft, e no outro, reforçaram competências no plano do desenvolvimento pessoal. 

Através do sistema Infocraft, os professores da Rede Municipal de Ensino poderão preencher on-line os Diários de Classe, que passam a ser totalmente digitais. Além da facilidade, a iniciativa contribui para a preservação do meio ambiente, uma vez que deixará de utilizar papel.

“Vai facilitar muito. Temos que modernizar mesmo e usar cada vez menos papel, o que é mais o importante de tudo! Descartar menos papel é fundamental para a preservação”, afirmou a professora de Língua Portuguesa da Cruz Rios, Daniele Farias. 

O sistema está disponível no portal da Prefeitura www.saofrancisdoconde.ba.gov.br, no link da SEDUC, à direita. Além disso, em breve, os pais dos estudantes poderão fazer a pré-matrícula através de um aplicativo de celular, poupando tempo e agilizando o processo.

O professor de Matemática da Cruz Rios, Adam Simões da Cruz, disse que a mudança “é uma ação muito importante porque cai por terra o mito de que a escola pública não nos dá os meios adequados para realizarmos o nosso trabalho”.

Joel Forteski, professor de Filosofia da mesma escola, também teceu elogios à iniciativa. “É excelente! Estou aplaudindo a ideia que irá fazer todo esse método de ‘passar a nota’ ser on-line, é maravilhoso! Sempre esperávamos por algo assim. No final da unidade é sempre muito trabalhoso preencher o Diário de Classe. Agora no computador vai ser bem mais prático, o sistema mesmo faz a média e facilita muito!”. 

Segundo o secretário da Educação Marivaldo do Amaral, “quando o prefeito Evandro Almeida faz uma iniciativa como essa, ele está priorizando a qualidade da educação que chega aos estudantes, por isso esse investimento nas escolas. Estamos dando formação para melhorar o clima organizacional das escolas e um investimento em tecnologia, uma vez que as nossas cadernetas agora são digitais. Também iremos inaugurar um aplicativo, onde os pais de nossos alunos poderão garantir a pré-matrícula de seus filhos. As notas também serão lançadas no sistema e ficarão disponíveis na nuvem. Não teremos mais cadernetas físicas. Então, tudo isso são demonstrações de que a Educação é uma das prioridades da gestão municipal“.

A outra formação visou estabelecer maiores habilidades na interação humana dos profissionais, no convívio diário das escolas. A inteligência social é um dos requisitos para o sucesso de uma equipe. Alguns pontos tratados foram as modalidades de interação grupal, como: afiliação/pertença, comunicação, pertinência, aprendizagem, cooperação e telé.  

O professor de Geografia do Instituto, Mateus Barbosa, disse que “a formação é sempre necessária para aumentar o conhecimento. Ela promove o autoconhecimento, assim como se colocar no lugar do outro. Permite com que a gente tenha uma abertura para dialogar e negociar. Se não conseguimos nem negociar, a gente acaba não tendo esse diálogo“.

“A gente tem um corpo técnico muito grande e com pessoas diferentes, de contextos variados, o que pode gerar conflito pelas formas de pensar. Nessas formações entendemos mais o outro. O dia a dia de sala de aula não nos permite esses momentos, onde trocamos tantas experiências. Com certeza vai contribuir para aprimorar as relações e diminuir os conflitos“, considerou a coordenadora pedagógica Líbna, do Instituto Municipal Luiz Viana Neto.

A mesma programação acontecerá no Centro Educacional Claudionor Batista – CECBA e no Centro de Estudos e Aperfeiçoamento do Saber – CEAS no dia 14 de novembro.