Uma tarde inesquecível! Foi assim o I Festival Municipal de Bandas e Fanfarras

Todos os caminhos levaram ao Estádio Municipal Junqueira Ayres na tarde do último sábado, 07 de setembro, quando aconteceu o I Festival Municipal de Bandas e Fanfarras. O evento prestou uma homenagem aos grupos musicais que preservam a tradição desta cultura e foi organizado pela Secretaria Municipal da Educação – SEDUC.

Para o secretário da Educação Marivaldo do Amaral, “o Festival Municipal de Bandas e Fanfarras é uma celebração ao grande patrimônio histórico-cultural que as fanfarras são para a nossa gente. O objetivo é que o 07 de setembro seja sempre lembrado como o dia em que o município de São Francisco do Conde irá se preparar para celebrar a riqueza cultural do nosso povo”.

Com a presença do prefeito Evandro Almeida, do vice-prefeito Carlos Alberto Bispo Cruz (Nem do Caípe), do secretário da Educação Marivaldo do Amaral e demais autoridades, as famílias franciscanas lotaram o Estádio Municipal Otávio Junqueira Ayres. As alunas do Instituto Municipal Luiz Viana Neto, Talita Ribeiro e Édina Maia, foram umas das primeiras a chegarem, ansiosas para assistirem ao espetáculo.

Eu vim ver meu amigo que vai tocar na BAMUSFC e também para e me distrair”, declarou Talita, que está na 7ª série do Fundamental Anos Finais. Édina Maria, sua colega de sala, disse não ver a hora de ver seus amigos se apresentando. “Gosto de fanfarra porque acho divertido e também das músicas, que consigo identificar mesmo sem a letra”.

A alegria das bandas e fanfarras municipais contagiou os munícipes pelas ruas da cidade. Antes de chegarem ao local do evento, elas foram fazendo a festa da população, partindo das escolas de Ensino Fundamental Anos Finais, onde são sediadas a FAMSIB, FANCECBA, BAMJAC e BAMUSFC. Essa parceria é um projeto extracurricular que promove o convívio com a música instrumental e suas variantes.

Após as apresentações que levaram o público ao delírio, diante de tanta beleza e musicalidade, as autoridades municipais fizeram a entrega das placas de homenagem aos grupos musicais.

Conheça alguns integrantes das bandas e fanfarras franciscanas

Junior de Souza Arcanjo é aluno da Escola Municipal Joaquim Alves Cruz Rios. Ele tem 16 anos e toca bombardino, um instrumento de sopro. Para ele, participar de uma fanfarra “é uma coisa muito divertida. A gente conhece pessoas novas, lugares diferentes”.

Thomaz de Aquino estuda no Instituto Municipal Luiz Viana Neto e seu instrumento também é o bombardino. “Eu me sinto bem tocando, representando minha cidade, minha escola e o estado da Bahia”.

Já Bianca Beatriz Queiroz Teixeira, optou por um instrumento de percussão e toca prato. Ela está no 9° ano do Instituto Municipal Luiz Viana Neto e também é aluna do curso intensivo Pré-IFBA.“Gosto de participar da fanfarra. Lá é minha segunda família. Quando chego triste, fico alegre. É muito Importante ter um dia especial para as bandas e fanfarras franciscanas porque valoriza a gente. É muito bom escutar o público gritando, dando boa sorte e força. A gente se sente especial!”.