Unilab promoveu o primeiro dia do seminário “Construção do Curso de Medicina na Unilab Malês: Perspectivas e Ações”

 

seminário medicina 1

São Francisco do Conde deu início a um novo e fundamental capítulo da educação superior no município, nesta terça-feira, dia 14 junho, onde começou a ser discutida a implantação do curso de Medicina na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), Campus dos Malês, em São Francisco do Conde/BA, através do seminário “Construção do Curso de Medicina na Unilab Malês: Perspectivas e Ações”.

O evento reuniu autoridades como o prefeito de São Francisco do Conde, Evandro Almeida, e o da cidade de Candeias, Sargento Francisco, além do reitor da Unilab, Tomaz Aroldo da Mota Santos, e a diretora do Campus dos Malês, Matilde Ribeiro. Também discursaram durante a mesa de abertura o secretário municipal da Saúde, Marco Aurélio Bartolomeu dos Santos, o secretário da Fazenda e Orçamento, Marivaldo do Amaral, o presidente do Conselho de Saúde, Marivaldo Bispo e a diretora do Instituto de Ciências da Saúde, Emília Chaves.

seminário Construção do Curso de Medicina 11

Estou feliz em estar aqui representando a comunidade, pois o Conselho de Saúde é a representação social de todo o município. Esse é um momento ímpar e com a chegada desse curso, a cidade será alçada ao patamar que sempre mereceu”, declarou o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marivaldo Bispo.

Já a diretora do Campus dos Malês, Matilde Ribeiro, falou do prazer que era vivenciar o momento: “estamos dando início a discussão deste curso de Medicina, tendo a Prefeitura como parceira, na perspectiva de atender a cidade, a região e uma ação de formação na lógica da medicina preventiva. Esse é o único curso com construção em parceria com a comunidade. A Prefeitura entendeu a importância do curso na perspectiva de crescimento da cidade”.

Para a secretária municipal da Educação, Ana Christina Oliveira, o curso é de importância para a região do Recôncavo e da necessidade de preparar os estudantes para concorrer as vagas do curso. E o secretário da Fazenda e Orçamento Marivaldo do Amaral falou do legado da universidade: “Feliz em poder estar participando desse momento histórico e nós sabemos que a Unilab marca São Francisco do Conde desde sua chegada. O seminário de hoje é um primeiro passo para que possamos ter em breve esse curso aqui no município e os cursos que estão no plano de desenvolvimento institucional da universidade e que eu não tenho dúvidas de que vão somar em toda a região”.

seminário Construção do Curso de Medicina 12

Já o prefeito Evandro Almeida frisou o tanto que estava feliz em receber o evento na cidade e falou que na data ele tinha dupla representatividade, pois, além de representar São Francisco do Conde, ele também era o porta-voz do Consórcio SOMAR. O Consórcio surgiu após uma iniciativa do prefeito Evandro Almeida que reuniu os prefeitos de Candeias – Sargento Francisco, Madre de Deus – Jéferson Andrade e São Sebastião do Passé – Janser Mesquita, e sugeriu a criação do referido consórcio para que juntos pudessem buscar fortalecer os municípios frente às dificuldades que por vezes encontram para financiamento das ações públicas. O primeiro plano de ação do Somar é um Plano Regional de Saneamento Básico para os quatro municípios. Além disso, outras duas prioridades emergenciais são segurança pública e transporte. Na ocasião, o prefeito afirmou seu compromisso em ajudar a Unilab.

A ousadia de criar uma universidade federal que promovesse a integração entre Brasil e Africa reflete a quebra dos paradigmas e os avanços que nosso país viveu nos últimos anos, promovendo a integração socio-cultural e acadêmico-científica. Entendo que a nossa cidade só vai avançar de verdade no momento em que outras estruturas, além da Prefeitura, se tornarem fortes e é apostando no crescimento de instituições como essa que colocaremos o nosso povo no caminho do desenvolvimento, com mais oportunidades para todos. Como prefeito de São Francisco do Conde, estou aqui também para assinar o convênio e me colocar como um entusiasta desse projeto emancipatório”, destacou o prefeito.

seminário medicina 2

Por fim, o reitor da universidade falou sobre o momento histórico que estava sendo construído: “A criação da Unilab foi singular na Brasil. Eu tenho dito que a Unilab representa três universidades em uma: universidade federal baiana, cearense e uma universidade internacional. É compromisso da Unilab contribuir para a superação de todas as condutas de discriminação que signifique perda de respeito. Temos o compromisso com a liberdade e a superação das desigualdades”, concluiu Tomaz Aroldo da Mota Santos.

Confira a programação do evento que continua pela tarde e no dia 15 de junho.