Fortes emoções e muito comprometimento na primeira reunião do Pré-IFBA

Uma manhã de fortes emoções marcou a primeira reunião de pais e familiares dos estudantes matriculados no Pré-IFBA, projeto da Prefeitura de São Francisco do Conde, através da Secretaria da Educação – SEDUC, que oferece, gratuitamente, aulas preparatórias para o processo seletivo do Instituto Federal da Bahia. Histórias de vida, muita informação e motivação promoveram um clima de confiança e comprometimento com o propósito de selar uma parceria entre as famílias e a gestão municipal, a fim garantir um futuro brilhante para os estudantes da Rede Municipal de Ensino de São Francisco do Conde.

Com aula inaugural prevista para o início de julho, este ano o Pré-IFBA terá duas turmas, uma pela manhã e outra no turno vespertino, sempre às terças e quintas-feiras. “Estamos lidando com o que há de mais valioso, que é e a trajetória de vida dos filhos de vocês! Se tivermos a parceria das famílias, tenho certeza de que vamos aprovar um grande número de estudantes no IFBA este ano”, declarou o secretário da Educação Marivaldo do Amaral, cuja história de vida se cruza com a de Ana Cláudia, mãe de Ana Carolina, que participou do Pré-IFBA em 2018 e hoje é aluna do Instituto Federal da Bahia.

Ana Carolina ilustrou a campanha publicitária de divulgação do projeto este ano e Ana Cláudia foi aluna do secretário e professor Marivaldo, há 20 anos, no CEAS-Centro de Estudos e Aperfeiçoamento do Saber. Segundo ela, ele foi o responsável por não deixá-la abandonar os estudos, quando a mesma engravidou na adolescência.

Segundo Ana Claudia, mãe de Ana Carolina, “é o futuro dos nossos filhos que está em jogo! Acredite nos seus filhos. A gente é a maior testemunha para nossos filhos em casa. Hoje eu entendo que a gente precisa sempre acreditar em nossos filhos. Meu pai acreditou em mim até o fim. Eu continuei acreditando no meu sonho. Graças a Deus lançaram um projeto jovem aprendiz e hoje sou soldadora.”

Ana Carolina tem 15 anos de idade e está cursando eletromecânica no IFBA. “Acho que ter feito o Pré-IFBA me ajudou a passar. Durante o período do curso eu me dediquei mais. Confesso que se não fosse o curso não teria estudado tanto. Eu tô achando legal, apesar de lá ser um pouco puxado, mas é bom que ficamos mais disciplinados“. Sobre a nova experiência, ela ainda disse que “o que mais gostei foi conhecer os laboratórios do meu curso, não vou mentir, eu chorei! Na prova era uma incerteza e agora estamos estudando lá”, declarou a estudante, que aproveitou para agradecer a gestão municipal pelo transporte “pois sem ele ia ser difícil para a gente ir e voltar para o campus”.

Em um depoimento emocionado, sua mãe Ana Claudia fez questão de fazer um chamamento às famílias presentes na reunião para assumirem seus papeis no acompanhamento e cobrança aos estudantes em suas jornadas de estudos. “Monitoro os passos dos meus filhos. Temos que olhar nossos filhos como uma benção. A responsabilidade pelo futuro deles é nossa! Hoje temos uma Secretaria responsável e muito qualificada para nos dar apoio. Venho aqui agradecer mesmo ao Prefeito Evandro Almeida! Temos que correr atrás dos nossos sonhos e com muita fé!”.

“Venho em nome da gestão do nosso prefeito Evandro conclamar vocês a estarem presentes nessa parceria. A trajetória que os filhos de vocês irão construir vai determinar os rumos da vida deles é da família. A Educação é o melhor caminho e alternativa para as pessoas mudarem de vida e construírem um futuro de autonomia, acessando o mercado de trabalho e encontrando alternativas outras do que aquelas que historicamente esse município ofereceu aos seus cidadãos. A solução será sempre estudar, estudar e estudar”, afirmou o gestor da Educação. Segundo ele, “Ao entrar no IFBA começa-se a trilhar um caminho diferente no mercado de trabalho, pois as próprias empresas, ao perceberem de onde vem o estudante, já olham diferente para o currículo”.

Presente ao encontro, Carla Fernanda dos Santos, moradora do Centro, é mãe de Anderson Santos de Jesus, estudante da Escola Municipal Joaquim Alves Cruz Rios. Segundo ela, seu filho “está super empolgado com a prova do IFBA. Se tratando de Educação é tudo bom! Além disso, ele já vai estar se preparando para fazer a faculdade”.

“Com certeza este curso é muito importante! Vai preparar os meninos para a vida também, ainda mais hoje em dia, que está difícil! Quanto mais o jovem se qualificar, melhor!”, disse, por sua vez, Marcos Vinicius, que é tio de Anderson e pai de João Ricardo também aluno da Cruz Rios. “Na escola, os professores não tem o que dizer dele, mas em casa precisa estudar mais!”, confessou.

Quem também participou do momento da reunião foi Suelen Silva Santos, mãe de Anthony Lohan, que foi destaque na Olímpiada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e recentemente finalista do Concurso de Redação promovido pela Câmara Municipal de Vereadores, em parceria com a SEDUC. Moradora da Santa Rita, ela disse que acho muito importante o projeto do Pré-IFBA. “Quantas cidades querem uma oportunidade dessa e a gente tem em nosso município, por isso precisamos aproveitar bastante”. Suelen parou os estudos no segundo grau, mas seu filho quer fazer arquitetura. “Estou sempre dando força!”.

O professor e colaborador da SEDUC, Fernando Ismerin, salientou que o Pré-IFBA irá garantir transporte, orientação psicológica e alimentação para os estudantes, durante as aulas. “Estamos ofertando as condições ideias e vocês precisam fazer um acompanhamento, pois o momento de aprendizagem também acontece dentro de casa. Estamos de braços abertos para acolhermos as famílias dos nossos estudantes! A proposta do IFBA é trazer a possibilidade dos filhos e filhas de vocês adentrarem a sociedade com conhecimento técnico e bagagem intelectual para enfrentar o mundo”.

Semilly do Nascimento, ex-aluna do Pré-IFBA e uma das aprovadas no processo seletivo do ano passado disse que “a maior alegria foi quando a gente viu a aprovação no edital. Minha mãe deu um grito. No primeiro dia de aula fomos informados sobre como se portar dentro do IFBA. Nossos professores são exemplares e ajudam muito a gente!”.

Ainda na reunião, as famílias puderam participar de uma palestra motivacional que abordou as emoções humanas, com a neuropsicóloga Cleudia Fernandes, assessora técnica do Programa de Atenção, Acompanhamento Pedagógico e Psicossocial a Estudantes– PROAP. “É muito bom ver essa porta sendo aberta! É um novo tempo no município. É tempo dos filhos da terra adquirirem oportunidade de crescerem e, para isso, a motivação é a chave”.

Cleudia contou que pensou em trancar a faculdade, devido à exaustão do curso em uma universidade federal. Ela utilizou sua história de vida para falar sobre a importância de ganharmos resistência diante das dificuldades. “A gente tem ainda a força das entranhas. Para ter condições de ir além, a gente precisa ter resistência. E como a gente ganha resistência? Como a gente dá conta da alma da gente quando a gente quer desistir? Temos um mundo em nossa cabeça que pode ser formado por nossos adversários ou nossos aliados. A motivação é uma força poderosa para que o cérebro seja criativo e encontre caminhos em meio às dificuldades”.

“A saúde emocional começa quando começamos a caminhar entre a emoção e a razão. Para a gente ter uma boa saúde emocional, precisamos compreender a lógica das emoções para desenvolver um equilíbrio. As emoções mais básicas são vergonha, tristeza, raiva, nojo, espanto, alegria e medo. Por exemplo, a tristeza é uma emoção boa porque é necessária para a nossa sobrevivência. Não existe mudança sem tristeza. Não há como desenvolver resistência sem saber lidar com a tristeza, pois ela faz a gente compreender o que nos está levando a ela”, continuou a neuropsicóloga, envolvendo as famílias em um momento participativo e de muito conhecimento. “Estamos juntos aqui aprendendo a ter resistência contra o mal que está contra nós”.

Ao fim da atividade, um lanche típico junino foi servido. Em sua fala final, o secretário da Educação Marivaldo do Amaral agradeceu o empenho de todos e reafirmou a importância do apoio das famílias aos seus filhos. “O sucesso na caminhada dos seus filhos passa, diariamente, pelo incentivo que vocês vão dar a eles, por isso a relevância deste momento de apresentação, para mostrar o quanto é fundamental o acompanhamento e a orientação das famílias para que esses jovens possam construir um futuro melhor e diferente”.