Alunos da rede municipal de ensino gravam um CD para o I Festival de Arte Educação de São Francisco do Conde – Voarte

Pela primeira vez, Antonny, Maria Alice, Laiza, Evelin Vitória, Valentina, Ana Clara e Laylla entraram em estúdio de gravação, e bem cedo. Eles têm entre 02 e 03 anos de idade e estudam nos grupos 2 e 3 da Escola Municipal Quintino Nascimento. Os pequenos estão gravando uma música que será apresentada durante o I Festival de Arte Educação de São Francisco do Conde – VoArte.

Estamos gravando uma música que foi produzida pelos alunos, juntamente com a professora Daiana, em sala de aula. O nome é Coroado e fala do quanto eles são felizes de morar no bairro”, explicou a gestora da Escola. Junto com a Quintino, mais 06 escolas estão envolvidas nas gravações das composições para o Festival, são elas, as escolas Maria Lúcia Alves, Abdon Antônio Caldeira, Três Marias, Bartolomeu dos Santos Matos, Arlete Magalhães (ex-CEJAL), Maria das Dores Alves e o Centro Educacional Joaquim Alves Cruz Rios.

Na Escola Maria das Dores Alves, localizada em  São Bento das Lages, os estudantes que participaram das gravações são do quarto e quinto anos. A música gravada pelo quarto ano foi Samba das Marias e a composição que o quinto ano gravou se chama Caindo no Samba com Zeca Afonso.

Segundo Janivalda Cardos (conhecida como Jane), gestora da escola, “a construção das músicas foi orientada pelas professoras Litza e Flávia e tivemos a participação nos ensaios, do monitor de percussão Pablo, do Novo Mais Educação”.

Ao total, 70 crianças participam das gravações, que acontecem no estúdio de som da Escola Clara Visão, da rede particular de ensino, nos dias 10 e 11 de janeiro. Segundo Danilo dos Santos Ferreira, professor de dança e integrante da gerência de arte, “a  seleção das músicas foi de acordo com as produções realizadas no Voartear I e II”.