.

A Prefeitura de São Francisco do Conde, diante da situação de pandemia do novo Coronavírus, montou com as equipes da Secretaria da Saúde e do Hospital Docente Assistencial Célia Almeida Lima, o Centro de Triagem para pacientes com síndromes gripais, ou seja, sintomas de gripe, que passa a funcionar na área onde ficava o ambulatório do hospital (temporariamente desativado), para acolhimento exclusivo.

A Prefeitura de São Francisco do Conde, diante da situação de pandemia do novo Coronavírus, montou com as equipes da Secretaria da Saúde e do Hospital Docente Assistencial Célia Almeida Lima, o Centro de Triagem para pacientes com síndromes gripais, ou seja, sintomas de gripe, que passa a funcionar na área onde ficava o ambulatório do hospital (temporariamente desativado), para acolhimento exclusivo.

Os pacientes serão acolhidos e atendidos por uma equipe de enfermeiros, médicos e técnicos que farão a avaliação do quadro clínico do paciente, classificando em casos leves e graves.

O Centro de Triagem funciona 24h.

No local foram disponibilizados 06 leitos de isolamento e mais 02 leitos de estabilização, somando 08 leitos no total.

O objetivo com a criação desse espaço é garantir uma área de isolamento com total segurança e infraestrutura, principalmente para os pacientes com suspeita da COVID-19.

Todos os pacientes com síndrome gripal agora têm uma entrada exclusiva e não devem acessar o hospital pela emergência e sim pela entrada do ambulatório, conforme sinalizado no local.

Diversos cuidados estão sendo adotados para segurança do paciente e dos profissionais. Por exemplo, a equipe que atende aos pacientes com síndrome gripal é diferente dos demais casos.

Casos leves serão orientados sobre quais medicamentos devem ser utilizados e encaminhados para o isolamento residencial (o paciente fica dentro de um quarto restrito ao acesso da família).

Já os considerados graves, que apresentem insuficiência respiratória, serão tratados neste centro, que conta com leitos devidamente preparados e equipados para atender os possíveis casos confirmados e regulados para Salvador, caso necessário.

Essa é mais uma das medidas preventivas da Prefeitura, visando preparar a cidade para atender a população.

Protocolo de atendimento

Conforme fluxo definido pelo Ministério da Saúde, o paciente que apresentar sintomas de COVID-19 deve procurar uma Unidade Saúde da Família para atendimento inicial.

Skip to content