Dia D de combate à Febre Amarela acontece neste sábado (24)

Todas as unidades de saúde do município de São Francisco do Conde vão estar unidas neste sábado, dia 24 de fevereiro de 2018, das 08h às 16h, para reforçar a luta contra a Febre Amarela.

Pessoas na faixa etária entre 09 meses a 59 anos, exceto gestantes e lactantes (mães amamentando crianças menores de 06 meses) devem comparecer a um dos postos de vacina nas Unidades de Saúde da Família, Ginásio de Desportos Edvaldo dos Santos Baiacão e na sede do CRESAM (Centro de Referência à Saúde da Mulher), na Avenida Santa Rita, posto de vacina para os moradores do Centro I e II.

Todos os munícipes devem estar munidos de cartão de vacinação, RG e Cartão SUS, para que seja avaliada a necessidade ou não de receber a dose.

A febre amarela é transmitida por mosquitos em áreas urbanas ou silvestres e é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por vetores. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. A forma mais grave da doença é rara, quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.

Desde a última segunda-feira, dia 19 de fevereiro, começou em São Francisco do Conde e outras sete cidades baianas: Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari, Candeias, Itaparica, Mata de São João e Vera Cruz, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Febre Amarela. A meta no município é vacinar 16.000 pessoas.

Indivíduos com história de reação alérgica grave ao ovo e a gelatina só podem receber a vacina após avaliação médica e em ambiente com condições de atendimento de urgência/emergência.

O prefeito Evandro Almeida e uma comitiva que inclui a presença da secretária municipal da Saúde, Eleuzina Falcão, vão estar na Ilha das Fontes acompanhando a vacinação e outras atividades no bairro.