Público lotou plenário da Câmara para participar do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha

Com o plenário da Câmara lotado e com representações de diversos segmentos sociais, aconteceu na manhã da quinta-feira (27), um evento em homenagem ao Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com o tema: “Empoderamento da Mulher Negra”. Essa é uma ação da Prefeitura de São Francisco do Conde, através da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude – SDHCJ. O evento tem como objetivo fomentar as questões sociais e as políticas públicas para as mulheres negras em São Francisco do Conde.

Compuseram a mesa de abertura do evento, o prefeito de São Francisco do Conde, Evandro Almeida, e a primeira-dama Iasmin Barbosa; o presidente da Câmara de Vereadores, Venilson Souza Chaves (Cravinho); o secretário de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude – SDHCJ, Márcio Junqueira;  a secretária de Promoção da Igualdade Racial do Estado da Bahia – SEPROMI, Fabya Reis; a assessora técnica da Secretaria de Políticas para as Mulheres – SPM-BA, Flávia Reis; a secretária de Desenvolvimento Econômico, Ana Christina Oliveira; a secretária de Planejamento, Silmar Carmo; a chefe de Gabinete, Ana Cristina Marques; o superintendente de Relações Institucionais da Secretaria de Governo – SEGOV, Eliezer de Santana; e, a diretora do Departamento da Igualdade, Alva Célia Medeiros.

Após as execuções dos hinos, a jovem Raiane Alcides, chamou a atenção de todos os presentes com a declamação de um texto sobre a luta da mulher negra na sociedade e o empoderamento feminino. Logo em seguida, quem se apresentou foi o grupo “Love Dance”.

Na oportunidade, também houve a entrega do troféu “Maria Felipa”, a mulheres que representam o empoderamento da mulher negra em diversos segmentos sociais. As homenageadas foram: Silvonete dos Santos Oliveira, mais conhecida como Sílvia; costureira, lavadeira e lavradora, moradora do bairro de São Bento das Lages, que recebeu a honraria das mãos do secretário Márcio Junqueira. A outra homenageada foi Eliene Maria de Jesus, técnica em turismo e artesã, que recebeu a placa de homenagem das mãos do prefeito.

Em seu pronunciamento, o prefeito Evandro Almeida saudou o público presente, em especial, a todas as mulheres do município e destacou o trabalho que vem sendo realizados pela Secretaria de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude: “A Secretaria vem realizando um grande trabalho na busca pelo empoderamento das mulheres, da juventude, dos idosos e de tantos outros segmentos. O povo de São Francisco do Conde tem orgulho de ser negro e nós estamos aqui para lutar contra o preconceito e qualquer outro tipo de intolerância”.

O secretário de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude, Márcio Junqueira, agradeceu o empenho da equipe da sua secretaria na realização do evento; além disso saudou o público que lotou o plenário da Câmara e as autoridades que compuseram a mesa de abertura. “Nós precisamos cada vez mais estar à frente, fomentando políticas públicas para todos os segmentos da sociedade, mas hoje, em especial, para todas as melhores negras e empoderadas”.

A secretária de Promoção da Igualdade Racial do Estado da Bahia – SEPROMI, Fabya Reis, agradeceu o convite para participar da ação e ressaltou a importância da luta pelo empoderamento feminino: “Construímos caminhos para colocar mulheres negras em espaços de poder, a partir das lutas da sociedade civil, do movimento negro, das mulheres negras, para que a gente tivesse avanços. Hoje, a gente discutiu políticas muito importantes que foram resultado dessas lutas”.

Um dos grandes momentos do evento foi a assinatura, por parte do prefeito Evandro Almeida e da secretária de Promoção da Igualdade Racial do Estado da Bahia, do Termo de Adesão ao Fórum Estadual de Gestores Municipais e Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Estado da Bahia, que tem por finalidade elaborar, implementar, mostrar e avaliar, políticas de promoção da igualdade racial, combate ao racismo e intolerância religiosa.