São Francisco do Conde em Ação recebeu o secretário de Desenvolvimento Econômico, Amarildo Guedes

 

sao francisco do conde em ação programa radio 2016Na quarta-feira, dia 13 de abril, o Programa São Francisco do Conde em Ação trouxe as notícias mais atuais de São Francisco do Conde. O entrevistado da semana foi o secretário de Desenvolvimento Econômico – SEDEC, do município, Amarildo Guedes. Na pauta, o Campeonato Baiano de Velocidade na Terra, que acontece neste fim de semana, em São Francisco do Conde, e as ações de intermediação de mão de obra no município. Além disso, o programa falou sobre a movimentação financeira do comércio local, após o incremento do cartão do servidor ($Fcard) e do cartão Pas Mais. Acompanhe trechos da entrevista:

No fim de semana vai acontecer mais uma edição do Campeonato Baiano de Velocidade na Terra, no Autódromo Internacional da Bahia, localizado no município, e o secretário Amarildo Guedes falou dos preparativos do evento. “Eu acabei de vir da pista e estamos dando os últimos retoques e, com este evento, agora damos início a funcionabilidade do espaço. Serão seis eventos na pista durante esse ano, fazendo parte do Campeonato Baiano. A partir daí, vamos buscar os investimentos para dar continuidade a este projeto. No sábado, teremos a abertura dos portões às 08h. Estamos montando uma praça de alimentação e, a partir das 13h, teremos os treinos livres. Já no domingo, após a abertura dos portões, teremos os preparativos para as baterias, shows, paredões e a cultura local que vamos apresentar aos visitantes. E mais tarde, claro, a corrida”, revelou o secretário.

A equipe do programa de rádio lembrou que a Prefeitura de São Francisco do Conde doou à Federação de Automobilismo da Bahia – FAB, 800 mil metros quadrados de área para construção do espaço e perguntou sobre a expansão da área que será um complexo voltado a essa modalidade esportiva, tendo em vista que por enquanto só a pista de barro está funcionando. Sobre isso, a resposta de Guedes foi: “o compromisso da Prefeitura com a FAB inclui a doação do terreno e a execução da primeira etapa da pista de velocidade na terra, o que já foi feito. Ao todo o projeto inclui 04 etapas; a segunda etapa é a pista de arrancada, em parceira da Prefeitura com a FAB, e a terceira será de responsabilidade do Governo do Estado e PetroBahia com os investimentos no Kartódromo, que terá quadra de esportes e área de lazer com pista para bicicleta e skate neste projeto. E a última etapa será o autódromo com 4. 600 m², em parceria com a iniciativa privada para a conclusão deste projeto. Até o final de 2017 esperamos estar com o projeto concluído e vamos trazer para São Francisco do Conde eventos importantes como a Stock Car e a Formula Truck. Nas últimas etapas, o investimento não será mais da Prefeitura e outros órgãos vão entrar para dar suporte ao projeto”.

Outra questão abordada foi com relação à movimentação financeira no comércio local com o novo cartão do servidor, lançado em agosto do ano passado, e também com o lançamento recente do cartão PAS Mais. “Desde o lançamento do cartão do servidor e até o dia 28 de março, nós já conseguimos colocar no comércio R$ 1 milhão e 800 mil. A consignação do mês de março foi de R$ 374 mil consumidos no comércio, graças a esse produto que só pode ser usado no comércio local. Só os servidores da Prefeitura são 5.080, em média, e o produto foi tão bem aceito que estamos aderindo também os 500 funcionários do Instituto de Previdência- IPM, do município, que também passaram a ter acesso ao cartão e vamos disponibilizar aos funcionários da Câmara de Vereadores e aos terceirizados, como os que trabalham na Viverde. É uma ação que tem dado certo. Os comerciantes já estão contratando funcionários. Para a crise em que o país está, esse é um motivo para celebrar”. O secretário também citou o cartão PAS Mais, da Secretaria de Desenvolvimento Social – SEDES, e falou do aporte financeiro que esse cartão trouxe. “O PAS Mais consigna R$ 320 mil por mês no município. O PAS Mais tem relatórios diários, pois é um cartão de débito automático e só na última segunda-feira vendeu R$ 49 mil. A equipe é muito comprometida e é interesse nosso continuar com esses projetos. Com isso pretendemos atingir 8 mil funcionário diretos e indiretos da Prefeitura”.

O secretário também falou sobre contratações através do SineBahia. “Enquanto outros municípios têm sofrido com os efeitos da crise, São Francisco do Conde está gerando empregos nas obras, como a Policlínica, que é um projeto da SEDEC, através da doação de um terreno a Copagaz. A Copagaz deve contratar até o mês de maio, para implantar a empresa, mais 150 pessoas da cidade, através de uma parceria com a Prefeitura, e a contrapartida é a construção da Policlínica e a contratação de pessoas do município. Além disso, temos uma parceria com o município de Madre de Deus para gerar mais empregos. Paralelo a isso, temos as distribuidoras de combustíveis que vão gerar empregos para o município. E temos ainda um projeto de requalificação de vias públicas e paisagismo com cerca de 200 pessoas inseridas no mercado de trabalho. Sem contar com a ampliação da Unilab, que está gerando mais empregos. Nós estamos fazendo o contrário do país, estamos gerando empregos. É assim que se trabalha!”, concluiu.