1.000 mudas de manguezal foram plantadas no bairro do Drena, em São Francisco do Conde

Visando incentivar o cuidado com o meio ambiente, conscientizando sobre a importância desse ecossistema tão rico, e recuperar uma parte da área de manguezal que se encontra degradada, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca – SEMAP e a empresa Saga Estaleiro realizaram o plantio de 1.000 mudas de manguezal, na manhã do dia 07 de dezembro, no Drena, em São Bento das Lajes. A ação durou toda a manhã e envolveu a comunidade que participou ativamente da recuperação da área.

Já há a afirmação da Saga Estaleiro de que esse processo inicia hoje, mas será continuado em todo o município e nós fizemos a proposta de que eles passem a adquirir essas mudas, que hoje são compradas em outra cidade, conosco, que vamos passar a fornecer aqui no Centro de Educação Ambiental, o que significa que as plantas vão vir do nosso próprio meio ambiente, o que garante uma fertilidade melhor”, esclarece o secretário da pasta, Renato Costa Rosa.

Para a representante da empresa Saga Estaleiro e engenheira ambiental, Andreia Ferreira, “o estaleiro está localizado no bairro do Ferrolho, fazendo suas atividades de manutenção e reparos navais e a empresa se preocupa em dar a contrapartida a comunidade e a gente procurou uma área que precisasse de recuperação e o Drena tem essa demanda ambiental e social. A gente procurou uma planta que seja da vegetação local, pois nosso objetivo é recuperar o que já temos e não implantar nada de novo. Com a recuperação da área de manguezal vai aumentar a quantidade de mariscos, dando subsistência a comunidade”, explicou.

Essa ação faz parte do programa de Educação Ambiental para a comunidade.