Alunos e professores da  Escola Anísio Teixeira participam de Oficina de Papietagem

Uma oficina de Papietagem, técnica de artesanato onde se utiliza cola e papel, foi promovida pela Diretoria Pedagógica da Secretaria da Educação de São Francisco do Conde, na  Escola Anísio Teixeira, localizada no Engenho de Baixo. A oficina visava, inicialmente, a composição de cenários para as apresentações do Voatear II, que ocorrerá de 11 a 15 de dezembro em toda rede municipal de ensino.

Papietagem é uma técnica manual de colagem de papel rasgado sobre um molde até que se obtenha uma forma desejada. A técnica já era usada na França durante o século XVI para fazer cabeças de bonecas. Na Europa utilizava-se essa técnica para confecção  de moveis e objetos de arte. Em 1912, a papietagem ganhou notoriedade com o pintor cubista George Braque, onde era chamada de Papier Collés, ou papéis colados.

“A papietagem é uma técnica muito simples. A questão não é experiência, mas paciência e capricho. Com ela pode-se criar peças lindas, e o melhor é que é super barato e sustentável, uma vez que pode-se utilizar qualquer tipo de papel, sobre qualquer tipo de superfície”, declarou a gerente de Arte-Educação Alexsandra Neri, responsável pela condução da oficina. “Diante da competitividade atual do mercado de trabalho a técnica se apresenta como uma forma alternativa para complementar ou produzir renda”, completou.

Ainda segundo Alexsandra, “desenvolver na sala de aula atividades com papietagem enriquece o processo de aprendizagem, uma vez que, a técnica estimula criatividade a concentração, e a sensibilidade artística e ambiental”.