Blitz educativa conscientiza motoristas sanfranciscanos

transito

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESP), através do Departamento de Trânsito e Transporte (DTT), em parceria com a Polícia Militar, realizou no dia 25 de setembro, nas ruas de São Francisco do Conde blitzes educativas para marcar o encerramento da Semana Nacional do Trânsito, celebrada entre os dias 18 e 25 de setembro em todo território brasileiro com o tema: “Álcool, outras drogas e a segurança no trânsito: efeitos, responsabilidades e escolhas”.

Durante as abordagens realizadas na orla marítima do município, foram detectados 52 motociclistas pilotando sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e 01 com o documento vencido. Dentre os motoristas de carro, apenas 01 identificado sem CNH, 01 com documento atrasado e 02 com a película de transmissão luminosa acima de 75%.

De acordo com resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a transmissão luminosa no para-brisa deve ser de 75%, nos vidros laterais dianteiros de 70% e nos traseiros de 28%. O uso da película em desacordo com as normas é considerado infração grave, resultando em multa no valor de R$127,69, cinco pontos na CNH e a retenção do veículo até que seja regularizado.

A Semana Nacional do Trânsito é promovida anualmente pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) com o objetivo de levar o brasileiro a refletir sobre seu comportamento e responsabilidades enquanto cidadão e membro do sistema viário.

Municipalização do Trânsito: desde o dia 17 de setembro, a cidade de São Francisco do Conde passa a integrar o Sistema Nacional do Trânsito (SNT), isso significa que o trânsito do município passa a ser de responsabilidade da prefeitura.

A municipalização é o ponto de partida para que, além de orientar os condutores, eles passem a ser autuados pelas infrações cometidas dentro da cidade. Sendo assim, as próximas etapas são: convênios com o Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) e Polícia Militar; concurso público para contratação de agentes de trânsito; criação do setor de compensação de multas dentre outros detalhes para que de fato os condutores possam ser fiscalizados e responsabilizados por suas infrações.

O valor das multas de trânsito arrecadadas em São Francisco será depositado mensalmente na conta do Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito (FUNSET), que servirá para capacitação e compra de material para os agentes de trânsito do município.