Saúde promoveu reunião de colegiado gestor com equipes da secretaria

Na última quarta-feira, 06 de novembro, a Secretaria Municipal da Saúde – SESAU, de São Francisco do Conde, reuniu a equipe gestora de diversos setores, bem como servidores e técnicos das áreas que compõem a Rede Municipal de Saúde para mais uma Reunião de Colegiado Gestor.O encontro mensal temcomo objetivo alinhar diretrizes, discutir metas e projetos e avaliar o trabalho que vem sendo realizado.

Sob a coordenação da secretária da pasta, Eleuzina Falcão, a atividade começou com uma apresentação sobre as Mudanças de Financiamento na Atenção Primária, pois o Ministério da Saúde propôs indicadores de acompanhamento para o repasse de recursos, assim como as estratégias que o município deve adotar para garantir o financiamento da Atenção Básica e a não perda de arrecadação. Também foi proposto um momento de avaliação, redirecionamento de prioridades e outras questões, como processos de trabalho.

Um dos pontos-chave desta reunião foi a fala da secretária Eleuzina Falcão sobre o problema do derramamento de óleo nas praias do Nordeste. A gestora participou, anteriormente, de uma reunião com diversos órgãos e entidades, além de pesquisadores brasileiros e estrangeiros, para entender a questão e quais as melhores formas de enfrentamento, principalmente quanto aos problemas de saúde ocasionados pelo óleo nas pessoas que tiveram contato com a substância. “É primordial o uso de EPIs (Equipamento de Proteção Individual) para ter contato com esse produto. Luvas, botas longas, além de proteção respiratória e ocular, são alguns desses equipamentos”, salientou Eleuzina.

Em vistas a preparar a cidade para uma possível ocorrência deste problema, a Secretaria da Saúde estará promovendo nesta sexta-feira (08), uma reunião com outras instâncias da gestão, como: Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca (SEMAP), Secretaria de Serviços, Conservação e Ordem Pública (SESCOP), através da Defesa Civil, secretarias de Desenvolvimento Social e Esportes (SEDESE) e de Desenvolvimento Econômico (SEDEC); além da Secretaria de Planejamento (SEPLAN), para alinhar processos de trabalho, caso o município venha a ser atingido por esse acidente que é o de maior proporção já registrado na costa do Nordeste Brasileiro.

Nossa principal preocupação é com as pessoas que vivem deste meio, ou seja, pescadores e marisqueiras. Temos aprendido com o exemplo dos outros estados que foram atingidos e estaremos preparados, caso o problema chegue a essa região. As Vigilâncias à Saúde são de fundamental importância neste momento. Vamos propor ações e alinhar direcionamentos, mas com fé em Deus não seremos atingidos”, explicou.

Por fim, a gestora também informou que a frota do SAMU 192 de São Francisco do Conde está completamente renovada. Em março de 2019, a Prefeitura de São Francisco do Conde fez a entrega da Base do SAMU 192, totalmente reformada, e a população franciscana também passou a contar com o suporte de dois veículos de urgência e emergência: uma UTI móvel e uma nova Unidade Avançada do SAMU 192, a única de toda região com suporte para transporte neonatal de alto risco. Neste mês de novembro, o município passará a contar com o suporte de mais duas ambulâncias básicas do SAMU. Com isso, a frota de veículos foi inteiramente renovada.