Muita alegria e animação marcaram o 1º Forró Social

Muita alegria e animação marcaram o 1º Forró Social, promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esportes – SEDESE, na manhã desta quarta-feira (14), no Mercado Cultural de São Francisco do Conde.

O evento proporcionou a todos os presentes, em especial aos usuários dos programas e serviços sociais, um momento de interação, harmonia, fraternidade e lazer com apresentações de teatro, música e quadrilha junina para comemorar os festejos de São João.

A turma da melhor idade, que é atendida pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos dos Idosos e do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, dançaram muito ao som da banda “Forró do Manda”, que animou ainda mais a festa.

Muito animada, Dona Adelaide de Santana de Jesus, de 64 anos, que mora no bairro do Socorro, falou sobre esse momento de descontração: “eu estou amando o forró! Me divertindo muito. Esse é um momento de distração para esquecer os problemas da vida. É um momento de lazer e de fazer novos amigos. Eu adoro quando tem festas, porque quando eu entrei no Serviço de Convivência, os idosos eram todos fechados, mas eu disse logo: ‘não quero velho de cara feia!”. E, hoje em dia, quando eu não vou encontrá-los, todos sentem a minha falta. Se eu pudesse ficaria o dia todo”.

O secretário de Desenvolvimento Social e Esportes de São Francisco do Conde, Aloísio Oliveira, também ressaltou a importância de proporcionar momentos de cultura e lazer, especialmente para as pessoas de maior vulnerabilidade social. “Essa ação visa oportunizar o acesso das pessoas que são mais fragilizadas, que estão em vulnerabilidade social, para que eles possam ter a chance de viver a vida com um pouco mais de alegria, de entender que momentos ruins acontecem em nossas vidas, mas o que de fato importa é a nossa base familiar, a base estrutural comunitária, matando um leão por dia com felicidade e com tudo que eles têm direito. O nosso papel é trazer todas essas pessoas para um perfil protetivo de cidadania e de promoção social”.