Consumo de leite é estimulado nas creches do município

A equipe de nutrição da Secretaria Municipal da Educação – SEDUC tem estado cada vez mais presente no “chão da escola”.  Durante todo o mês de outubro, têm sido realizadas, nas creches do município, atividades de educação alimentar e nutricional, visando a promoção de saúde das crianças matriculadas na rede municipal de ensino.

Desde o início deste ano letivo, tem-se observado as preferências e aversões alimentares dos alunos, a fim de traçar as ações de educação alimentar e nutricional com vistas a reduzir essas rejeições. De acordo com relatos, tanto dos gestores escolares como dos professores, agentes de apoio, merendeiras e pais de alunos, além da observação realizada pela nutricionista responsável pelas creches, Jaqueline Passos, notou-se que o leite é um dos principais alimentos rechaçados pelas crianças.

Diante disso, tendo em vista que o leite é uma importante fonte de proteínas e de cálcio, decidiu-se desenvolver uma ação de educação alimentar e nutricional voltada para o estímulo de seu consumo. Assim, a ação ocorre em 5 momentos: abordagem à origem do leite de vaca (foi construída uma vaca de papelão para simular a ordenha do leite e facilitar a compreensão pelos alunos); demonstração com leite e derivados; explanação sobre sua importância (onde a equipe de nutrição faz as vezes de atores e encena a peça teatral A menina que não tomava leite); avaliação; e degustação, quando as crianças também são estimuladas a cantarem a música “Meu leitinho, meu leitinho/ Vou tomar, vou tomar/ Para ficar fortinho, para ficar fortinho/ E brincar, e brincar”.

Segundo a nutricionista Jaqueline Passos,   “essa ação tem sido desenvolvida com o intuito de valorizar a cultura, como também impulsionar e valorizar o consumo do leite pelos escolares, tendo em vista o seu valor nutricional e, consequentemente, a sua contribuição positiva para o crescimento e desenvolvimento das crianças. Além disso, essa ação objetiva a adoção voluntária de práticas e escolhas alimentares saudáveis. Ressaltando, portanto, que esses objetivos têm sido alcançados, quando se observa: o consumo do leite e seus derivados no momento da degustação por crianças que, geralmente, não os consomem nas creches; o esclarecimento sobre a origem do leite de vaca, que uma grande parte desconhece; e o reconhecimento dos alimentos que são derivados de leite”.

As atividades têm sido desenvolvidas na primeira e terceira semanas de outubro, em todas as creches do município. A primeira unidade escolar contemplada com a ação foi a creche Robertina. Além dela, já foram visitadas as creches Tio Cláudio, Menino Jesus, Isidória, Girassol e Maria das Mercês. Restam as creches Rural de Gurujé, Comunitária do Caípe e Casulo a receber a equipe de nutrição do município.