Culminância da 2ª edição do Projeto Cultura em Movimento reuniu franciscanos de todos os bairros que participaram das oficinas

A Prefeitura de São Francisco do Conde, através da Secretaria Municipal de Cultura (SECULT) realizou nesta quinta-feira (29), no Largo Maria do Benzê – Orla Marítima do município, a cerimônia de culminância da 2ª edição do Projeto Cultura em Movimento.
A 2ª edição do projeto percorreu durante alguns meses todos os bairros da cidade, promovendo diversas oficinas e curso de capacitação para os franciscanos, com o intuito de promover a inclusão cultural por meio da educação e da arte.
Nesse sentido, o secretário de Cultura do município, Osman Ramos, em seu pronunciamento, discorreu sobre a importância da ação para oportunizar os franciscanos. “Com muito trabalho e dedicação conseguimos chegar até este momento. Agradeço a todos os alunos e oficineiros que participaram do projeto. Ficamos felizes quando perguntam quando será a terceira edição do projeto e estamos planejando, para que isso se torne uma realidade. Esse projeto integrou todos os bairros do município, valorizou os talentos da nossa cidade e protagonizou os trabalhos desenvolvidos pelos oficineiros, que, em sua maioria, eram da própria comunidade que a oficina era ministrada. Quero agradecer a todos que fizeram parte desse projeto, ao nosso prefeito Evandro Almeida, que sempre nos apoiou para a realização desse projeto que beneficiou franciscanos de todas as idades, jovens, crianças e idosos.
Além do secretário, também estava presente no evento, o presidente da Câmara de Vereadores, Venilson Souza Chaves (Cravinho). “Parabenizo o secretário de Cultura e toda sua equipe pelo trabalho desenvolvido, assim como a gestão do prefeito Evandro Almeida e Nem do Caípe, que têm demonstrado através de eventos como esse, que a gestão não está só na sede, mas também está em Jabequara, na Ilha das Fontes, em Santo Estevão, Paramirim, Monte e em todos os bairros da cidade. Esse projeto percorreu todos os bairros da cidade oportunizando os franciscanos, em especial a juventude do nosso município“.
Quem também participou da cerimônia de culminância foi o vereador Edcarlos de Almeida Vasconcelos (Pita de Gal). “Quero deixar aqui registrado os meus parabéns a SECULT, aos oficineiros e a todos os alunos, em especial aos alunos da Jabequara. Eu apoio esse projeto em toda cidade, assim como na comunidade de Jabequara e senti orgulho em ver os trabalhos que foram desenvolvidos por esses jovens. Acredito que projetos como esses são fundamentais para transformar a vida da juventude“.
A artesã e oficineira Áurea Estela, conhecida por Telinha, falou sobre a oficina de artesanato ministrada na Ilha do Paty, utilizando mariscos a e palha de bananeira como matéria-prima. “Tive o prazer de ministrar essa oficina na Ilha do Paty e poder ensinar um pouco do que eu sei para esses alunos, que realizaram um belíssimo trabalho. Essa oficina também desperta a conscientização social com relação a reciclagem e a educação ambiental. A arte transforma!“.
A jovem Hallerim do Nascimento Barbosa, aluna da oficina de artesanato, ministrado no bairro do Engenho de Baixo, falou sobre a continuidade do projeto. “É muito importante que ações como essa tenham continuidade e sejam realizadas em todos os bairros da cidade, principalmente aqueles mais distantes da sede“.