Dança na Escola é tema de formação da Rede de Parceiros Multiplicadores do Esporte Educacional

No sétimo módulo da Rede de Parceiros Multiplicadores do Esporte Educacional, que foi apresentado na formação do dia 08 de agosto, a temática foi Dança na Escola. Há 01 ano presente no município, este projeto é uma iniciativa do Instituto Esporte e Educação, idealizado pela ex-atleta olímpica Ana Moser, que tem realizado formações exclusivas para coordenadores pedagógicos, gestores e professores de Educação Física da Rede Municipal de Ensino.

Aumentar as estratégias e possibilidades de Dança na Escola, visando ampliar as práticas pedagógicas relacionadas ao movimento, não necessariamente em gestos coreográficos, foi o objetivo do encontro. De acordo com Jéssica Vilas Boas, subcoordenadora do instituto, “essa é uma proposta de dança cuja prioridade é o cunho educacional, expandindo o repertório motor da criança, no ser e no conviver”.

Para Raquel Clementino, também subcoordenadora do Instituto Esporte e Educação, é de fundamental importância “desenvolver uma visão mais crítica da dança do que aquelas que as crianças veem na mídia”. Além da exposição teórica e exibição de um vídeo sobre a Dança na Escola, os profissionais envolvidos na formação participaram de uma dinâmica que embasou a criação de atividades voltadas para vivências na escola. Divididos em grupos, os participantes representaram corporalmente oito temas, sorteados previamente.

De acordo com o professor de dança Danilo Ferreira, que faz parte da Gerência de Arte Educação da SEDUC, “está sendo muito interessante a formação porque está em consonância com a ideia de dança trabalhada na Escola de Dança da UFBA e aqui no município, através da gerência e do VoArte: a ideia de dança para todos!”. Ainda segundo ele, “para se ensinar dança não é necessário saber dançar porque a dança é um patrimônio cultural. Uma pessoa corre, abaixa, pula… esses movimentos também fazem parte da dança, que vai além dos códigos culturais”.