Dia da África: Plantio de uma muda do Baobá foi realizado no Ilê Odé Asé Obá Omin

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude (SDHCJ), de São Francisco do Conde, juntamente com a UNILAB (Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira), realizou no dia 25 de maio, em alusão ao Dia da África, o plantio de uma muda do Baobá, no Ilê Odé Asé Obá Omin, do Babalorixá Everaldo Cardoso Bispo, templo sagrado que tem 94 anos de fundação.

Na cerimônia estiveram presentes professores e alunos da UNILAB, o secretário Márcio Junqueira (SDHCJ) e a comissão de funcionários desta secretaria, bem como a comunidade religiosa, que juntos reverenciaram a árvore africana sagrada “Baobá” – força da resistência dos povos negros e oprimidos.

O Baobá personifica o espírito africano e é considerada a árvore da vida. Diante dela, nativos se reuniam porque acreditavam que o espírito de Baobá os ajudaria a tomar decisões importantes. Ela também é considerada uma fonte de fertilidade e a solução medicinal para muitos.