Em clima de muita alegria, aconteceu na manhã desta sexta-feira (23) a Formatura de Bombeiro Civil, em São Francisco do Conde

A manhã desta sexta-feira, dia 23 de março, foi de alegria e muita emoção para os 28 alunos que concluíram o curso de Bombeiro Civil, dentre estes, 24 franciscanos. O curso, que teve duração de 11 meses, contou com alunos de São Francisco do Conde, Santo Amaro e Camaçari. As aulas e treinamentos foram realizados na Escola Arlete Magalhães (antigo CEJAL).

Os alunos passaram por meses de treinamento em sala, com aulas teóricas e de campo, em que, por meio das aulas práticas, puderam aprender técnicas relacionadas aos primeiros socorros, resgate e atendimento a vítimas, combate a incêndio, entre outros procedimentos voltados para salvar vidas.

A mesa de honra foi composta por várias autoridades municipais e representantes de outras instituições, como a coordenadora do curso, Geyseane Leal; o ouvidor geral de São Francisco do Conde, Alberto Jorge Mattos (Beto Maria), que representou o prefeito Evandro Almeida; representando a Câmara de Vereadores, esteve presente o vereador Renato Costa Rosa Júnior; também participou o coordenador da Defesa Civil do município, Hebert Ruy Oliveira Costa; e, representando a diretora da Escola Arlete Magalhaes, compôs a mesa a senhora Maria Auxiliadora de Jesus, além do ex-coordenador da Defesa Civil, Luiz Teotônio. A Defesa Civil é um órgão vinculado à Secretaria Municipal de Serviços, Conservação e Ordem Pública – SESCOP.

Nos discursos, houve o reconhecimento de cada orador, pela bravura e encorajamento dos jovens em buscar, através do curso de bombeiro, uma oportunidade de ter uma profissão.

“Em nome do prefeito Evandro Almeida quero parabenizar todos os alunos, esse é um momento muito importante na vida de cada um de vocês. O papel do Bombeiro Civil é de suma importância para sociedade, pois temos diversos exemplos onde esses guerreiros salvaram vidas, é preciso ter muita garra e coragem para exercer essa profissão de tamanha bravura. São nos momentos de dificuldades que percebemos o quanto é primordial o trabalho dos bombeiros civis, que arriscam suas próprias vidas para ajudar as pessoas nos momentos em que elas mais precisam”, destacou o ouvidor geral Alberto Jorge Matos.

A coordenadora do curso, Geyseane Leal, enfatizou a coragem, a determinação e a ousadia de cada um dos formandos que conseguiram galgar mais esse degrau em sua vida profissional. “Vestir essa farda é um conceito de servir a humanidade, uma pessoa que está disposta a arriscar a sua vida para salvar a de outras pessoas”.

O vereador Renato Costa Rosa Júnior, também enalteceu a profissão de bombeiro civil – vida que requer atos de coragem, e que todos os dias é desafiada a cuidar das pessoas.

O aluno Eliomar dos Reis, franciscano, de 31 anos, falou emocionado sobre esse momento tão importante para ele e sua família. “Esse é um momento que ficará marcado em minha vida. Após tantos meses de curso, agora chegou o momento da vitória. Para mim é um privilégio ter feito o curso e atuar na área de Bombeio Civil junto com os meus companheiros. Estou muito feliz!”.

Em nome da turma, alguns dos formandos fizeram agradecimentos e juramento. Após esse momento, foram entregues os certificados de conclusão do curso e, enfim, a finalização do sonho em se tornar bombeiro civil. Após isso, a confraternização continuou entre os alunos e seus familiares que, na oportunidade, receberam rosas como forma de gratidão.