Em clima de muita emoção, CRAS celebra o “Dia da Família” em São Francisco do Conde

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) – órgão vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esportes (SEDESE) – celebrou nesta quarta-feira (16), o “Dia da Família”.

A ação, que aconteceu no Mercado Cultural, teve como objetivo aproximar os pais, responsáveis e crianças que são atendidas pelos serviços oferecidos pelo CRAS, como o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), com o intuito de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade.

Na ocasião, as crianças atendidas pelos serviços oferecidos pelo CRAS fizeram uma linda apresentação de dança, emocionando a todos os presentes. A cantora Tainá Cristina também se apresentou nesse momento tão especial para as famílias franciscanas. A jovem Brenda Gonçalves foi outra a emocionar a todos com uma oração para as famílias.

Joilma dos Santos, coordenadora do CRAS, falou sobre a importância da família para o desenvolvimento da criança, bem como a sua compreensão relacionada às diferentes configurações familiares. “Com o mundo globalizado, as novas tecnologias e as suas mudanças, hoje em dia é preciso trabalhar as atividades socioeducativas para que as crianças possam compreender que existem famílias compostas de diversas formas, seja por uma união homoafetiva ou qualquer outro tipo de relação, pois muitas vezes as crianças estão inseridas nesse contexto familiar, mas não conseguem entender que configuração familiar é essa. Tem crianças que não vivem mais com a formação de uma família tradicional, pai, mãe e filhos, mas sim, com seus avós, tio, irmão, amigo, enfim, todas essas questões foram trabalhadas nas atividades socioeducativas, tanto na convivência com as crianças quanto para toda a família que participou ativamente dessas ações”.

Representando a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esportes (SEDESE), esteve presente no evento o diretor da Proteção Social Básica, Sandro Albuquerque, que na oportunidade falou sore o trabalho desenvolvido pelos órgãos sociais vinculados a secretaria. “A família é a matriz do trabalho social. O CRAS faz um trabalho de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. Já o CREAS, desenvolve ações para recompor os vínculos familiares rompidos, como no caso de violência. O esporte também é uma ferramenta muito importante, pois também promove o regate da cidadania e o convívio. Com a união entre o social e o esporte, essas ações tendem a transformar ainda mais o futuro dessas famílias”.

Dona Ozenilda Paixão dos Santos, moradora do bairro de São Bento, que participa das oficinas de artesanato realizadas através do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), falou sobre esse momento de alegria ao lado da sua filha. “Essa atividade é muito importante porque reúne outras famílias que fazem parte dos serviços, bem como aquelas que não fazem, mas que acabam gostando dessa interatividade. A minha filha faz parte do grupo de dança do CRAS e fico emocionada em vê-la se apresentando. Sinto-me feliz em poder participar junto com ela desse momento especial que o CRAS nos proporciona”.