Saúde participou da primeira edição do projeto “Sala de Visita” – uma parceria da Prefeitura e Câmara Municipal O objetivo do projeto é divulgar ações da gestão e dialogar com a população

Visando estreitar as relações entre os poderes Legislativo e Executivo, a Câmara de Vereadores de São Francisco do Conde, em parceria com a Prefeitura Municipal, lançou na última terça-feira (12) a primeira edição do projeto denominado “Sala de Visita”.

A ação consiste em abrir um espaço de 15 minutos antes do horário regimental das Sessões Ordinárias para que as secretarias municipais possam divulgar as ações da pasta, bem como dialogar com a população franciscana a respeito das ações realizadas e àquelas previstas para acontecer.

A primeira pasta a participar dessa iniciativa foi a Secretaria Municipal da Saúde – SESAU.

Quero agradecer o convite e parabenizar a iniciativa da Câmara Municipal em proporcionar esse momento para dialogarmos com a população e dizer que esse é um espaço para falar de questões extremamente importantes e essa é uma ideia que pode ser levada a outros municípios. A Câmara é um lugar de troca de ideias e de prestação de contas. Quero também agradecer a equipe da Saúde, que é a grande responsável pelo trabalho que produzimos”, agradeceu Eleuzina Falcão, secretária da Saúde do município.

A secretária da pasta, Eleuzina Falcão, falou principalmente sobre as obras que serão entregues na área da Saúde no mês de aniversário da cidade, a exemplo do Serviço de Fisioterapia Clínica, na Rua Raimundo Ribeiro, e a Clínica de Referência à Saúde da Mulher – CRESAM, que passou por uma reforma estrutural importante.

Nós chamamos o serviço de fisioterapia para a gestão direta e reorganizamos a rede. O primeiro trabalho a ser feito foi o mapeamento das pessoas que precisam da fisioterapia e, com a ajuda das nossas 16 Unidades de Saúde da Família e 05 Unidades Satélites, a equipe conseguiu levantar o número de pacientes acamados em todo território do município. Durante as visitas encontramos pacientes acamados que, provavelmente, vão permanecer no leito, mas podemos oferecer uma melhor qualidade de vida. Também encontramos aqueles que estão acamados e que podem sair do leito para uma cadeira ou voltar a ter uma vida normal. Além do atendimento domiciliar, estamos com atendimentos no Complexo de Saúde do Caípe de Baixo, que abarca todos os bairros do entorno, e, no dia 27, vamos entregar o Serviço de Fisioterapia Clínica aqui na sede, em um lugar acessível, na Rua Raimundo Ribeiro, e adaptado para receber esses pacientes. O volume de pacientes atendidos de forma domiciliar, no Caípe e aqui na sede, será extremamente significativo e fará a diferença na vida dessas pessoas”, disse.

Sobre a Clínica de Referência à Saúde da Mulher, a secretária frisou que “é uma clínica de grande importância e um dos braços da atenção à saúde da mulher no município. Essa é a primeira grande reforma do espaço desde a sua inauguração, em 2012. Com a reforma esperamos trazer mais conforto e melhor atendimento”.

Além disso, neste mês vão ser entregues a Unidade de Saúde da Família do Colmonte e a entrega da reforma da base do SAMU 192.

No dia 22, vamos entregar a Unidade de Saúde da Família do Colmonte, um pedido da população, que tinha uma unidade sem o espaço físico necessário. Esse novo espaço será muito mais acolhedor e o espaço está sendo reformado e trabalhado com muito carinho. Aproveito para deixar o convite”.

Além dos imóveis, a Saúde também fará a entrega de duas unidades móveis, sendo uma UTI Móvel e uma Unidade Avançada do SAMU.

A nova unidade móvel do SAMU é a mais avançada da região, pois é a única da região que oferece suporte para o transporte neonatal nas condições de segurança necessárias. Em dezembro, o Ministério Público questionou o transporte sanitário de recém-nascidos e que na região não havia nenhuma UTI que conseguisse garantir esse transporte. Menos de dois meses depois, nós conseguimos esse equipamento, que vai atender a São Francisco do Conde e região. Só quem conhece o que é emergência consegue dimensionar a importância desse equipamento”, reiterou Eleuzina.