Encontro reuniu advogados do município para dialogar sobre o novo Código de Processo Civil

Por meio de um ofício enviado pela Sra. Dra. Juíza Emília Gondim, da Comarca de São Francisco do Conde, aconteceu no dia 06 de março, no Fórum da Comarca, um encontro que reuniu advogados da assistência municipal, da Câmara de Vereadores, além daqueles da cidade de São Francisco do Conde. O intuito desse encontro foi o de apresentar para os advogados os novos procedimentos adotados pelo novo Código Civil, referente à mediação e aos trâmites competentes ao CEJUSC (Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos) Processual e Pré-processual.

É importante salientar que os Códigos de Processo Civil junto com a Lei de Mediação fazem com que seja indicada a primeira sessão de mediação através de casos onde exista uma relação continuada. Neste sentido, a mediação como sistema de multiportas não está para tudo, mas é uma porta do Judiciário. As mediações no processual já foram iniciadas no dia 12 de março.

Agradeço a iniciativa da magistrada em promover esse encontro tão importante para o fortalecimento dos meios auto compositivos, dentre eles a Mediação e, na oportunidade, aos advogados que se fizeram presentes pela aceitação e compromisso em práticas colaborativas”, destacou a advogada e supervisora do CEJUSC Processual e Pré-processual de São Francisco do Conde, Magna Vilas-Bôas.

O encontro foi voltado principalmente para prestar informações de cunho processual, voltada para as práticas auto compositivas que serão conduzidas por mediadores judiciais aos advogados que ainda não tinham conhecimento sobre os novos procedimentos adotados, onde irão tratar questões, interesses e sentimentos que serão primordiais para que o indivíduo reflita e possa conduzir o seu conflito.

O CEJUSC (Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos) de São Francisco do Conde foi inaugurado no dia 30 de novembro.