Equipe de atletismo da APAE de São Francisco do Conde irá disputar o Campeonato Brasileiro de Atletismo 2017

A equipe de atletismo da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), de São Francisco do Conde, irá disputar o Campeonato Brasileiro de Atletismo 2017, promovido pela ABDEM – Associação Brasileira de Desportos para Deficientes Intelectuais.

A competição acontece de 29 de setembro a 01 de outubro, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP).

Oito atletas irão participar da competição, são eles: Ariane Moura Teixeira, Caio Eduardo dos Santos, Antônio Carlos Pinto do Rosário, Vanda Alves da Silva, Valdinéia de Jesus Cardoso, Elias dos Santos, Elivelton Francisco da Silva (bicampeão Brasileiro de Salto em Altura) e Iomar Santos Barbosa, conhecida como Mazinha (bicampeã Brasileira de Atletismo).

O campeonato tem por objetivo incentivar e reunir atletas dos diversos estados, estimulando o intercâmbio social, a prática esportiva, a estruturação desta modalidade no país e a conscientização da sociedade sobre o potencial desportivo do portador de deficiência.

Rosane Ramos Brito, gestora da APAE, ressaltou a importância dessa competição e o sentimento de satisfação pelo caminho galgado pelos atletas da instituição em diversas competições nacionais e internacionais. “Para mim é um sentimento de muita satisfação e de luta por um trabalho que não é fácil e requer muita dedicação. Tudo que vem acontecendo representa parte de um resultado de todo um trabalho em equipe”.

Na oportunidade, a gestora da instituição também enfatizou o apoio da Prefeitura de São Francisco do Conde, através das secretarias municipais de Desenvolvimento Social e Esportes – SEDESE e da Educação – SEDUC. “Levar o nome do município nessas competições nacionais é muito importante. Quando a nossa delegação chega nas competições todos perguntam sobre a nossa cidade. Esse campeonato é muito importante, assim como o apoio que o gestor do município oferece aos atletas e a instituição através das secretarias que são parceiras”.