Horta Escolar é cultivada na Escola Municipal Antonina Olímpia Pessoa da Silva

O projeto Horta Escolar, iniciativa do Departamento de Agricultura da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca – SEMAP em parceria com a Secretaria Municipal da Educação – SEDUC, chegou à Escola Municipal Antonina Olímpia Pessoa da Silva, localizada na Roseira. As atividades de abertura aconteceram na última quinta-feira (14) e contou com a participação de estudantes da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e Educação de Jovens e Adultos – EJA.

Segundo Patrícia Andréa Amaral, vice-diretora da Antonina, “as hortas escolares buscam, através da prática, desenvolver atividades da área de conhecimento ‘natureza e sociedade’. Os alunos se aproximam da natureza de maneira efetiva, concretizando ações de ensino aprendizagem fora da sala de aula. Além disso, desperta nos alunos o cuidado com a natureza através do estabelecimento de uma relação direta com o solo, a água e as plantas, proporcionando contato com algumas hortaliças e despertando o gosto por esses alimentos”.

Sob a coordenação da Gerência de Educação Ambiental e a participação da técnica da SEMAP, Simone Rosário, idealizadora do projeto, a Horta Escolar é desenvolvida a céu aberto, envolvendo teoria e prática, com o objetivo de possibilitar o desenvolvimento de ações educativas. Segundo a Gerência de Educação Ambiental, “essa etapa do projeto busca sensibilizar para a ressignificação da horta no espaço escolar, a compreensão dos benefícios do cultivo da horta, bem como os cuidados necessários para alimentação saudável”.

Da seleção das espécies a serem cultivadas até o plantio e colheita, os alunos da Antonina Olímpia acompanharam todo o processo. Ainda de acordo com Patrícia, “a horta escolar tem suma importância no estudo interdisciplinar, pois é possível discutir temas como nutrição, alimentação, produção de alimentos, além de destacar a importância da conservação do solo. Podemos também discutir assuntos ligados à economia doméstica. As crianças e jovens passam a conhecer os vegetais, legumes, frutas e, conhecendo melhor, podem gostar e inserir esses alimentos em seu dia a dia”.