IV edição do Troféu Axé Destaque foi marcado por homenagem, diálogo e reflexões sobre igualdade racial e intolerância religiosa

Nesta última segunda-feira (13) aconteceu, em São Francisco do Conde, mais uma edição do Troféu Axé Destaque. O evento, que está em sua IV edição, foi realizado no auditório da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), Campus dos Malês, na Sede do município franciscano. Autoridades municipais, artistas e lideranças religiosas compuseram a mesa de abertura do evento, que teve por finalidade dialogar e valorizar a religiosidade do povo de matriz africana e os seus representantes, defensores e lideranças.

Na ocasião, foi celebrado o Dia das Religiões de Matriz Africana, que se comemora no dia 13 de maio com a lei municipal nº 361/2014, bem como os 05 anos do Estatuto da Igualdade Racial e de Combate a Intolerância Religiosa do Estado da Bahia – Avanços e Retrocessos.

A coordenadora do Troféu Axé Destaque e delegada, Dra. Patrícia Pinheiro, em seu pronunciamento, falou sobre a importância de celebrar os 05 anos do Estatuto da Igualdade Racial e parabenizou a gestão municipal, através da Secretaria de Cultura. “Quero parabenizar os vereadores que aprovaram a Lei Municipal 361/2014, que celebra o Dia Municipal das Religiões de Matriz Africana, bem como a gestão municipal e toda equipe da SECULT. Hoje, estamos vivendo um momento muito importante. Essa é a data que o Recôncavo se levanta em São Francisco do Conde. É primordial que celebremos os cinco anos do estatuto, pois estamos vivendo momentos difíceis para as religiões de matriz africana e para o povo negro“.

Este ano, a IV edição do Troféu Axé Destaque homenageou a Yalorixá Sônia Oliveira Senna Ramos – Mãe Sônia D’ogum, mais conhecida como “Sônia de Mangabeira”, por toda sua história de abdicação e luta em prol da valorização das religiões de matriz africana. “O povo de santo é um povo bonito, amar e respeitar não custa nada! Queria agradecer a todos pela homenagem, a toda equipe da Secretaria de Cultura, em nome do secretário Osman Ramos, por me proporcionar viver este momento tão importante e especial“, declarou a homenageada.

O secretário de Cultura, Osman Ramos, na oportunidade, agradeceu a Dra. Patrícia Pinheiro pela realização do evento, onde a gestão municipal, através da SECULT, deu total apoio. “Estou muito feliz em poder contribuir para a realização de mais uma edição do Troféu Destaque Axé aqui na nossa cidade. Quero agradecer a Dra. Patrícia, a todo público presente e, em especial, a minha equipe de trabalho. Este dia ficará marcado na história de São Francisco do Conde. Muitas lutas foram travadas em prol dessas conquistas que estamos hoje celebrando”.

O diretor do Departamento de Promoção da Igualdade, da Secretariade Direitos Humanos, Cidadania e Juventude (SDHCJ), Gláucio Belo, abordou a importância do diálogo para a construção de políticas públicas. “Estamos em constante diálogo com todos os segmentos religiosos do nosso município, para que juntos possamos construir o Plano de Combate ao Racismo e a Intolerância Religiosa”.

Essa ação foi uma realização da Confederação Nacional de Integração e União das Tradições Afro-brasileiras e conta com o apoio da Prefeitura de São Francisco do Conde, através da Secretaria Municipal de Cultura (SECULT).