Jet Recôncavo movimentou Santo Estevão no último fim de semana e aqueceu a economia local

No último fim de semana, em 28 de janeiro, o bairro de Santo Estevão – localizado em São Francisco do Conde – vivenciou uma grande experiência na área do esporte náutico que garantiu animação para visitantes e moradores, desenvolvimento do potencial turístico e aquecimento da economia local. Foi realizado o 1º Encontro JetRecôncavo, uma proposta da Marina Jacob Sports, que contou com o apoio da Prefeitura de São Francisco e da Federação Baiana de Jet Ski.

Eu estive aqui no Festival de Mariscos, no final do ano passado, e quando eu vi esse lugar lindo, eu pensei: ‘porque não fazer um encontro do jet aqui?’. Então, eu falei com a secretária Ússula e com o secretário Amarildo, que de imediato toparam, e colocamos o nome do evento de JetRecôncavo. Eu falei também com um grupo nosso, que também topou, e, com certeza, muita gente que hoje está aqui não conhecia esse espaço. Já é ideia minha trazer uma etapa do Campeonato Baiano de Jet Ski para cá“, disse Miguel Jacob, que é presidente da Federação Baiana de Jet Ski. Além deste título, Jacob já carrega outras experiências desportivas no município franciscano, pois é também presidente da Federação de Automobilismo da Bahia e a cidade São Francisco do Conde tem abrigado todas as etapas automobilísticas do Campeonato Baiano de Velocidade na Terra.

Para o piloto baiano e vice-campeão mundial de freeride – modalidade para manobras radicais com jet ski – Bruno Jacob, a oportunidade de conhecer o cenário de belezas natural de Santo Estevão poderá abrir perspectivas para desempenhos maiores. “Essa, para mim, é a melhor baía que nós temos, que é, inclusive, a segunda maior baía do mundo e tem muitos lugares belíssimos que precisam ser explorados, como São Francisco do Conde está fazendo hoje, em explorar o turismo náutico. Santo Estêvão é um lugar muito bonito, eu não conhecia, e foi um prazer reunir toda galera do jet aqui, seja os profissionais seja aqueles que vêm por lazer. Esse é um momento importante para nós e para população também, que pode conhecer melhor o esporte e aproveitar a oportunidade para transformar suas economias. Esse será o primeiro de muitos, até porque é intenção trazer o Campeonato Baiano de Jet para cá“, relatou o desportista. Ainda de acordo com ele, o percurso feito da Ribeira (Salvador) até Santo Estevão (São Francisco do Conde) durou aproximadamente 50 minutos, numa velocidade de 35 nós.“Quem quiser, pode vir e passar o dia aqui e aproveitar para experimentar uma dessas delícias que são servidas somente aqui, como é o peguary, que eu, particularmente, gostei muito“.

O reflexo positivo da criação de oportunidades de negócios e potencialização do turismo local também foram comentados pelos secretários municipais Ússula Flávia e Amarildo Guedes.

Um evento como esse representa a perspectiva de crescimento. Esse é o primeiro encontro e a gente espera crescer cada vez mais, pois eventos desse tipo contribuem para o crescimento da nossa comunidade e de nosso município, a gente fortalece o turismo e a economia local. Essa é uma oportunidade de novos negócios“, afirmou Amarildo Guedes, que é gestor da pasta de Serviços, Conservação e Ordem Pública (SESCOP) e também morador da localidade. Para ele, a participação da Associação Beneficente dos Moradores de Santo Estêvão (ABEMSE) também foi fundamental para o envolvimento da comunidade na ação. “Uma diretoria atuante contribui para que a comunidade cada vez mais se insira nas oportunidades de negócios e na qualificação dessa mão de obra. Já tivemos uma experiência surpreendente que contou com a parceria da associação, que foi com o Festival de Mariscos, e agora novamente. Nossa proposta é promover mais capacitações para a comunidade empreender e receber bem os visitantes“, pontuou Guedes.

É isso que a gestão Evandro Almeida quer: fomentar as parcerias público-privadas e que a gente possa atrair eventos de baixo custo, que gerem impactos econômicos maiores na comunidade. A gente vai sair daqui hoje com a economia aquecida, a comercialização das vendas acontecendo e a geração de emprego e renda se consolidando. Essa é a primeira etapa de muitas que deve acontecer. O grupo Yamaha está aqui presente e já conseguimos vislumbrar outras possibilidades. Hoje, Santo Estevão já se consolidou como um grande produto em São Francisco do Conde. Não foi por acaso que nós conseguimos captar recursos para o primeiro complexo turístico de São Francisco do Conde, onde tem o nosso tão sonhado píer“, esclareceu a secretária de Turismo, Ússula Flávia.

Em meio ao evento náutico e aos quitutes da culinária local servidos no espaço, também teve apresentações musicais com Jean Copque, Samba do R e participação especial do grupo Filhos de Jorge.

No local também pôde ser constatada a presença de uma ambulância, da equipe do Departamento de Trânsito e Transportes e uma viatura policial, que cuidaram da saúde, da desobstrução de vias e da segurança das pessoas, respectivamente, bem como stands com vendas de produtos que fugiram ao gênero alimentício, como a comercialização de bonecas de pano e outras obras artesanais.

Santo Estêvão também recebeu a visita da digital influencer, blogger do Aratu Online e colunista de lifestyle e esportes do Programa Conectados 106.1 FM, da Rádio Excelsior, Cândida Navarro. Durante o 1° JetRecôncavo, ela exibiu o potencial do turismo náutico da região de São Francisco do Conde. A equipe de cobertura da SECOM (Secretaria de Comunicação) acompanhou toda ação.

O evento também contou com o apoio direto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico – SEDEC e da Secretaria de Cultura – SECULT.