Lançamento de livros e sessão de autógrafos no Diálogos Pedagógicos 2019

Além das palestras e mesas redondas com nomes de peso da Educação, no Diálogos Pedagógicos 2019 também irão acontecer lançamentos de livros, com a presença das autoras em sessões de autógrafos. Essa atividade compõe as ações simultâneas, que acontecerão no primeiro dia do evento, 18 de fevereiro.

A autora e museóloga Cássia Vale, que também é atriz do Bando de Teatro Olodum e ativista negra, irá lançar a obra “Bloquinho de poemas e canções da Calu”. Escrito em parceria com a também museóloga Luciana Palmeira, o livro narra as aventuras de uma menina griô, contadora de histórias, que não desgruda do seu bloquinho de anotações, sua ferramenta mágica que a possibilita entrar no mundo da imaginação. 

Já aescritora santo-amarenseMaria Luiza Gomes fará o lançamento de dois livros: “A menina Maria e o rio Subaé” e “O coração de sua Vivi”. O primeiro é uma elegia ao Rio Subaé, que já inspirou o cantor e compositor Caetano Veloso na canção Purificar o Subaé, também interpretada por sua irmã Maria Bethânia. A narrativa valoriza a relação do rio com a população local, a partir das vivências da protagonista Maria. O segundo livro é uma obra infanto-juvenil que promete agradar a todos os públicos.

A terceira autora a lançar um livro no Diálogos é a angolana Margarida Lourenço com o título “Estranhamento e convivência de estudantes africanos em São Francisco do Conde – BAHIA (BRASIL)”.  A obra é inspirada nas vivências dos estudantes africanos em solo brasileiro, com ênfase na relação do município de São Francisco do Conde com a proposta da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira – UNILAB. Margarida é bacharela em Humanidades, licenciada em Ciências Sociais e mestranda em Estudos Africanos/ CEAO-UFBA.

Durante as ações simultâneas também será realizada a exposição artística – Desenhos ao vivo e pinturas, com os artistas Marcos Albertonny/ Mário Moreira.