Mapeamento dos Terreiros dos munícipios de Candeias e São Francisco do Conde será lançado

Nos próximos dias 25 e 29 de novembro, ocorrerá o lançamento do Portal Sagrado, plataforma online que reunirá o mapeamento dos terreiros de matriz africana de Candeias e São Francisco do Conde. Os dois municípios receberão o lançamento do projeto: no dia 25, às 09h, no Ilê Asè Oyà Tolà, localizado no distrito de Passagem dos Teixeiras, em Candeias; e no dia 29, às 09h, na Câmara Municipal de São Francisco do Conde. Ambas cerimônias reunirão lideranças religiosas e representantes governamentais.

O projeto iniciado em março deste ano é uma iniciativa da Associação dos Amigos do Ilê Asè Oyà Tolà, em parceria com a Secretaria de Cultura do Governo do Estado, através do edital Setorial de Culturas Identitárias – 11/2016, e com a Secretaria de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude, Secretaria de Turismo e Secretaria de Cultura de São Francisco do Conde.

Informações históricas, visuais e geográficas de 69 casas de Axé da região, sendo 40 localizadas em Candeias e 29 em São Francisco do Conde, compõem esta importante iniciativa, que mobilizou a maioria dos terreiros da região para sua construção. No portal, o internauta também terá acesso a fotografias, textos, mapas temáticos e memória dos terreiros, além de dados sobre legislação, links e orientações para os religiosos sobre os direitos e proteção das religiões de matriz africana frente aos processos de violência e intolerância religiosa.

De acordo com o coordenador e fotógrafo do projeto, Maurício Reis, o principal objetivo do mapeamento é possibilitar a implementação de políticas públicas voltadas aos povos de terreiros, sobretudo nos municípios mapeados. “Dessa forma, esperamos promover o fortalecimento da cultura brasileira, a identidade de um povo, o reconhecimento e a valorização dos espaços sagrados como fomentadores de cultura, visando também o combate à intolerância religiosa”, completa Maurício, que também é Ogã do Ilê Asè Oyà Tolà.