Oficina de Artesanato fomenta práticas sustentáveis no município

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude (SDHCJ), de São Francisco do Conde, em parceria com o Programa Educa Chico, promoveu na manhã desta terça-feira (14), uma Oficina de Artesanato com jovens beneficiários do programa e estudantes da EJA (Educação de Jovens e Adultos). A oficina é ministrada pela artesã Áurea Stela, conhecida por Telinha.

“Desenvolvemos esse trabalho como geração de renda familiar e também empoderamento desses jovens. Através dessa oficina, também conseguimos despertar na juventude uma nova consciência sustentável, buscando novas ideias de consumo e de renda, a partir de matéria-prima reciclada. Utilizamos materiais encontrados na natureza, como troncos e palhas de bananeira, que se transformam em bolsas, cintos, brincos e muitos outros produtos e acessórios da moda a favor do meio ambiente”.

O secretário de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude, Márcio Junqueira, também ressaltou a importância dessa ação em prol da sustentabilidade: “Nós, enquanto secretaria, temos o papel de fomentar e garantir direitos ao cidadão. Essa também é uma preocupação da gestão. As oficinas que estamos desenvolvendo são voltadas, sobretudo, para a sustentabilidade e para a geração de emprego e renda, onde sempre estamos buscando trazer a população para participar dessas ações dentro da secretaria, oferecendo oportunidades para enfrentar a crise econômica que assola nosso país. Todo material utilizado é de natureza morta, não estamos devastando nada, pelo contrário, estamos utilizando esse material de forma sustentável, criativa e lucrativa”, frisou.

A oficina acontece durante três semanas, todas as quartas e sextas-feiras, na Secretaria de Direitos Humanos, Cidadania e Juventude, localizada na Rua Ministro Bulcão Viana – Centro.