Ouvidoria Itinerante: a segunda edição do Projeto em 2018 aconteceu no bairro de Campinas

O bairro de Campinas deu as boas-vindas a segunda edição do Projeto Ouvidoria Itinerante 2018, que aconteceu no dia 18 de janeiro, às 09h, na Praça André Curcino da Cruz. Na oportunidade, representantes de diversas secretarias do município participaram da ação, com o intuito de coletar as críticas, reclamações, sugestões e elogios da comunidade, em busca de melhores condições de vida para os munícipes, aproximando, assim, a gestão da comunidade.

A comunidade do bairro prestigiou o evento e participou ativamente dando diversas sugestões na área de obras, trabalhos volotados à juventude, educação, saúde, abastecimento de água e outros.

“A gente escuta as reclamações da comunidade e, através de documento, encaminha os problemas as secretarias demandadas para que elas possam resolver. Temos visitado todos os bairros de São Francisco do Conde, foram 15 ouvidorias realizadas em 2017, e agora estamos aqui. O papel da Ouvidoria é esse, ouvir a comunidade, e a gente vai continuar fazendo. Esse é o espaço mais democrático que temos”, explicou o ouvidor municipal Alberto Jorge Mattos (Beto Maria).

Durante o evento, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca – SEMAP promoveu a entrega de mudas de plantas na comunidade e o evento contou com a presença de diversos representantes de secretarias, que ficaram responsáveis por levar as demandas da comunidade e reforçar os pedidos feitos durante o evento.

“Esses encontros são importantíssimos e têm um caráter diferente de outros meios de comunicação onde o cidadão pode reclamar, pois este é um espaço institucional, ou seja, é a gestão querendo ouvir o cidadão. A gestão tem se esforçado para dar ao cidadão aquilo que ele merece, mas nossa cidade é maior do que pensamos, pude comprovar isso durante o senso educacional que foi realizado no município”, declarou Luan Menezes, diretor de Programas e Projetos da Secretaria da Educação – SEDUC.

O superintendente da Secretaria Municipal de Projetos Estratégicos – SEPROJE esteve no evento apresentando a comunidade os serviços ofertados e como ter acesso: “A SEPROJE, além de cuidar de Projetos Estratégicos, também compreende a pasta da habitação e nós temos os programas: Tá Rebocado e Pintado, Sonho Meu – Minha Casa de Verdade e o Banheiro Legal, além de Meu Lar (Programa de Regularização Fundiária). As portas da secretaria estão abertas. Na área de projetos, Campinas recebeu uma obra de ligação da Baixa Fria até Campinas, o que vai fazer com que o crescimento da cidade seja direcionado para esta comunidade. Qualquer dúvida sobre a obra podem nos procurar, pois a gente está tentando fazer o melhor para vocês e todos temos a ganhar”, salientou Oldair da Silva.