Parceria entre Prefeitura e PM leva Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência para sala de aula

proerd 1

Com o intuito de desenvolver uma ação pedagógica de prevenção ao uso indevido de drogas e à prática da violência nas escolas, bem como ampliar o espírito de solidariedade, de cidadania e de comunidade, a Prefeitura Municipal de São Francisco do Conde firmou parceria com a Polícia Militar do Estado da Bahia para inclusão do PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência) nas salas de aula. A ação no município franciscano contempla alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, sendo 5 turmas da Escola Municipal Frei Eliseu Eismann. Ao todo, 150 serão contempladas.

Realizamos um trabalho de sensibilização com as crianças e os adolescentes para que estes desenvolvam estilos de vida saudáveis, mas também é importante transmitir aos pais nossas experiências para que o trabalho de prevenção ao uso indevido de drogas e a prática da violência sejam evitados”, destacou a soldado Juliana Krissia, da 10ª CIPM, instrutora do projeto no município franciscano. Entre outros valores, ela ainda destaca que o PROERD atua no fortalecimento da autoestima das crianças e dos adolescentes, no desenvolvimento de valores positivos, e, na sensibilização para o reconhecimento e resistência às pressões diretas ou indiretas que podem influenciar no uso de drogas ou em ações de violência.

As aulas acontecem sempre às segundas-feiras e foram iniciadas em 16 de março; cada aluno recebeu o Livro do Estudante (Cartilha PROERD). A ação segue até 12 de junho, quando, ao final de cada semestre, é realizada a formatura dos alunos participantes com as presenças do comandante da 10ª CIPM, Major Almeida, do prefeito Evandro Almeida, secretários, pais e/ou responsáveis pelos menores aprendizes.

Histórico do PROED

O Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD) é a adaptação de um bem sucedido programa norte-americano Drug Abuse Resistance Education (D.A.R.E.), surgido em 1983 nos Estados Unidos. No Brasil, o programa foi implantado em 1992, pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, chegando à Bahia no ano de 2003, e hoje é adotado em todo o Brasil e em mais de 50 países, contando com três currículos: PROERD para Educação Infantil e anos iniciais, 4ª série/5º ano do Ensino Fundamental, 6ª série /7º ano do Ensino Fundamental e PROERD para pais /responsáveis. A iniciativa é considerada pela ONU como um dos maiores programas de prevenção as drogas e a violência no mundo. O projeto do Governo Federal para as Polícias Militares conta com o apoio da Prefeitura Municipal de São Francisco do Conde.