Prefeitura promoveu reunião com franciscanos que receberão títulos de posse através do Programa Meu Lar

 

 

 

meu-lar2

A Prefeitura Municipal de São Francisco do Conde, através da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária – SEHARF e do Programa Meu Lar, promoveu na manhã desta quinta-feira, dia 19 de maio, uma reunião com os franciscanos que serão contemplados com títulos de posse. A entrega dos títulos será no sábado, dia 21 de maio, a partir das 14h, no mesmo local da reunião – Escola Arlete Magalhães (antigo CEJAL). Ao todo serão distribuídos 1.800 títulos, mas na cerimônia deste sábado, serão entregues os 400 primeiros. As famílias que serão contempladas receberam o convite em suas casas para participar do evento no sábado, dia 21.

“Esse é um dia muito esperado por cada família que está aqui hoje presente e eu estou muito feliz por isso. Quando em 2014, eu fui autorizado a iniciar este processo, nós fizemos várias reuniões com os moradores, entramos nas casas, medimos e fizemos todo processo que era necessário para a regularização dos imóveis. Então, só tenho a agradecer a vocês por terem aberto as portas de suas casas para a equipe da secretaria e por terem confiado e acreditado nesse projeto”, declarou Ruy Barbosa, que era secretário da pasta quando o Programa Meu Lar foi iniciado e hoje está à frente da Secretaria de Infraestrutura.

titulo deposse

 

“Agradeço a todos os presentes aqui hoje e a Ruy que iniciou este trabalho. Eu prometi a vocês quando assumi que tudo que fosse bom para São Francisco eu daria continuidade. Então, eu fiz questão de tirar esse programa do papel e fazer com que vocês pudessem ter a garantia do terreno das casas de vocês. Hoje, estou aqui para cumprir o que prometi”, enfatizou o prefeito Evandro Almeida.

O atual secretário de Regularização Fundiária, Antonio Calmon, declarou estar feliz em poder fazer parte desse momento e convidou os franciscanos para comparecerem ao evento de entrega dos títulos de posse. Para receber os títulos é necessário que os contemplados levem documento de identidade e CPF para conferência no momento da assinatura.

Dona Maria José Souza Oliveira, 79 anos, será uma das contempladas com o título de uma casa na Pitangueira: “há mais de 20 anos temos essa casa e eu estou muito feliz e realizada em saber que agora ela vai ser minha no papel. Porque antes a gente ia tomar empréstimo para fazer reforma e o banco não deixava, porque a gente não tinha documento da casa. Agradeço muito por isso”, concluiu.

Meu Lar – O programa Meu Lar consiste na regularização das ocupações habitacionais em áreas de propriedade da Prefeitura Municipal, ou, onde seja possível promover atos para obtê-la. O trabalho do programa começou em 2015 quando foi iniciado o cadastro de famílias que tinham casas em terrenos irregulares, baseado em alguns critérios como: residir há 05 anos, no mínimo, no local; imóvel com área abaixo de 250m²; renda familiar de até 5 salários mínimos, dentre outras condições.