Primeiro dia de inscrições no Processo Seletivo do PROUNIFAS atrai dezenas de universitários

O sonho de obter um diploma universitário tem se tornado cada vez mais presente entre os franciscanos, graças ao investimento da gestão municipal no Programa de Apoio ao Universitário Sanfranciscano – PROUNIFAS, que abriu seleção para novos beneficiários, hoje (07). Como já era esperado, o número de interessados em participar do processo seletivo é bastante expressivo. 

Por ser o primeiro dia, a procura está sendo grande e a nossa perspectiva é que aumente as inscrições na bolsa universitária para que as pessoas que mais precisam sejam atendidas”, declarou Camila Ferreira, coordenadora do PROUNIFAS.  Ela também recomendou que os interessados leiam o edital completo e com bastante atenção, “para que não deixem de trazer nenhum dos documentos exigidos, para que não precisem vir e voltar e não tenham esse desgaste de tempo e dinheiro. Que todos leiam o edital direitinho para que tragam tudo certo!”, reforçou. 

Liliana Costa, moradora de Campinas, esqueceu de trazer o histórico escolar do Ensino Fundamental, mas não deixará de se inscrever no processo seletivo, pois deu tempo de buscar em casa. Ela tem 19 anos e estuda arquitetura na Unime. Cursando o terceiro semestre, ela está apaixonada pelo curso. “Escolhi arquitetura porque meu pai é pedreiro e é uma área que eu já conheço um pouco”. Ela informou que se for uma das novas beneficiárias do PROUNIFAS poderá investir o valor da mensalidade em outros cursos, “como o de inglês, que irá me servir muito, mais tarde!”. 

Segundo a coordenadora do PROUNIFAS, a inscrição não é feita com pendências e um dos documentos mais “esquecidos” é o comprovante do IPTU. Para facilitar a vida dos universitários, “está sendo oferecida a declaração na SEFAZ, para que o estudante comprove que ele more na cidade no período de tempo previsto na lei, que são de 10 anos”.


Letícia Alves, que tem 19 anos e está no terceiro semestre de Estética e Cosmética na Estácio de Sá/ FIB é uma das universitárias que concorrem a uma vaga no PROUNIFAS. “Acho que a bolsa ajuda bastante, pois tem muitas pessoas que não têm condições de fazer uma faculdade e com esse auxílio já ajuda muito”. Letícia é moradora do Centro e deseja, futuramente,  abrir a própria clínica aqui em São Francisco do Conde. 

Stephany Costa Santana mora no Caipe, tem 18 anos e veio acompanhada de sua mãe, Nilclecia de Souza Costa, que é auxiliar de farmácia. A garota está no terceiro semestre de enfermagem, também na Estácio de Sá/FIB. “Se eu conseguir ser selecionada vai ajudar bastante em casa, pois a renda da nossa família vem apenas de minha mãe e o salário vai quase todo para a faculdade”, contou.  De acordo com sua mãe, “esse auxílio será de grande ajuda! Para mim, é difícil, mas não quero que ela desista do seu sonho. Graças a Deus, a gestão municipal  também oferece o transporte universitário, garantindo que minha filha frequente a universidade todos os dias!”.

Os candidatos têm até segunda-feira (11), para participar do processo seletivo. As inscrições estão sendo realizadas no prédio do Pré-Enem, das 8h às 14h, por ordem de chegada.