Retrospectiva 2019: Ações realizadas pela SETUR, SECULT e SECOM preservaram, divulgaram e fortaleceram as tradições franciscanas

SERETARIA MUNICIPAL DE TURISMO – SETUR

TRADIÇÃO: O ano de 2019 começou a todo vapor na SETUR, isto porque logo no inicio do ano passado, além da festa do Réveillon,  a secretaria realizou com o apoio do Governo do Estado da Bahia, por meio da Bahiatursa, a tradicional Festa do Cais. A festa contou com uma programação diversificada e o público presente na festa pôde se divertir e emanar vibrações positivas.

E por falar em tradição, a Festa de Reis também não poderia faltar. A celebração, que aconteceu no mês de janeiro, levou homens, mulheres, jovens e crianças às ruas do município cantando, louvando e visitando as casas numa demonstração de empatia, preservação da tradição, cultura e fé. A Festa de Reis compõe a cultura franciscana e toda a religiosidade do seu povo. Religiosidade esta que também pôde ser sentida na Festa de São Gonçalo, nos Festejos para Iemanjá, nas homenagens a Nossa Senhora do Monte, a Santo Antônio dos Navegantes, a Nossa Senhora de Fátima, aos fesejos em honra a Jesus Misericordioso, São Roque, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, São Francisco de Assis, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora da Conceição da Praia, homenagem a Sagrada Família, e Nossa Senhora do Amparo.

CARNAVAL CULTURAL: Para além das demonstrações de fé, que também é tradição e cultura, a Prefeitura, através das secretarias de Turismo (SETUR) e Cultura (SECULT), realizou no mês de fevereiro o Carnaval Cultural. Um grande evento que destacou e valorizou a diversidade               cultural existente no município franciscano. Os foliões foram às ruas para aproveitar cada minuto da festa que aconteceu na Sede e nos bairros da cidade. APÓS O Carnaval, ainda aconteceu a 21ª edição da Ressaca do Carnaval, no bairro do Monte Recôncavo.

TURISMO SUSTENTÁVEL: Sempre atenta às demandas da população, as equipes da SETUR, sob a gestão da secretaria Ussula Flávia, promoveu no mês de março uma escuta pública de construção coletiva para tornar São Franciscano do Conde numa cidade que preza pelo turismo sustentável. Na ocasião, o público presente participou ativamente da II Oficina do Projeto de Construção Coletiva da Rede de Turismo Náutico e Cultural da Baía de Todos-os-Santos, no âmbito do PRODETUR Nacional – Bahia. Um celeiro de discussões e proposições buscou o fortalecimento da rede de turismo da Baía de Todos-os-Santos. 

VALORIZAÇÃO: No dia 29 de março – data em que se celebra o Dia do Músico Franciscano, a SETUR, juntamente com a Associação dos Músicos do município, realizou uma vasta e diversificada programação para comemorar, valorizar e homenagear os talentos franciscanos. 

CONSELHO MUNICIPAL DE TURISMO – COMTUR: De forma enfática, no mês de abril, os membros do COMTUR, se uniram para promover a 3ª Oficina de Fortalecimento dos Conselhos Municipais de Turismo da Região Metropolitana. O evento reuniu conselheiros de outros municípios para dialogar sobre o Plano Operativo dos Conselhos, definição e priorização das ações.

CADASTROS: Através de um Chamamento Público, a SETUR realizou ao longo do ano a inserção de novos cadastros e atualização cadastral de bandas, grupos e/ou artistas musicais, locais, de gêneros diversos para participarem de apresentações no município. Ainda sobre o compromisso da SETUR com as festas populares, a secretaria também convocou os representantes de blocos, paredões, arrastões e/ou charangas para assinar o Termo de Responsabilidade para desfilarem durante os eventos realizados na cidade, prezando assim pela segurança e bem-estar dos munícipes e visitantes.

ARRAIÁ DO CHICO: Dando o pontapé inicial e resgatando o Arraiá do Chico, a SETUR, em parceria com o Governo do Estado da Bahia, através da Bahiatursa, promoveu a Blitz da Crown – um evento que contou com a participação de bandas locais e de nomes renomados da música nacional.  Tais atrações também se apresentaram durante o período junino também nos bairros da cidade, a exemplo de Campinas, com o Arraiá do Vem cá.

QUALIFICAÇÃO: Com objetivo de preparar os munícipes envolvidos nos serviços turísticos para uma melhor comunicação com turistas e visitantes, a SETUR realizou um Curso de Inglês. A ação teve como objetivo o crescimento profissional dos franciscanos e, sobretudo, o desenvolvimento da cidade como um todo. 

SFC – CIDADE TURÍSTICA: Com o propósito de transformar São Francisco do Conde numa cidade turística – do ponto de vista de ser atrativa para quem chega e um lugar bom de viver para quem mora – a SETUR tem mobilizado toda uma cadeia produtiva a se engajar em prol de ações que viabilizem esta condição. Por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo (PRODETUR BAHIA) e das inúmeras ações realizadas pela secretaria municipal, grupos culturais franciscanos foram capacitados e qualificados.

Toda essa pluralidade foi apresentada ao público do Brasil e do mundo, no Festival do Turismo Cultural da Baía de Todos-os-Santos – iniciativa que uniu arte, turismo e, sobretudo, a valorização cultural dos municípios que compõem o Território da BTS (Baía de Todos-os-Santos). Foram dois dias de evento com palestras, apresentações artísticas, rodadas de negócios, música, artesanato e gastronomia, em que As Paparutas, o Lindroamor Axé e a Casa de Artesanato do Caípe representam o município franciscano.

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA – SECULT

CULTURA, FÉ E TRADIÇÃO: Não há duvidas quanto a fé dos franciscanos, assim como não existe quem duvide do compromisso da SECUL quanto a preservação e a valorização da cultura franciscana. Isto porque, através de muito trabalho e dedicação, as equipes da secretaria estiveram envolvidas em todos os eventos religiosos e culturais que foram realizados no município, estes supracitados anteriormente. Ao longo do ano foram realizados Novenários, homenagens, honrarias, missas, procissões e tantas outras celebrações e eventos que contaram com o apoio da SECULT e/ou dos seus profissionais.  

CONSELHO MUNICIPAL DE POLÍTICAS CULTURAIS: A participação social na gestão das políticas culturais de São Francisco do Conde iniciou um novo capítulo de sua história em 2019. Isto porque, aconteceu logo no inicio do ano, a eleição dos representantes da sociedade civil que compuseram o Conselho Municipal de Políticas Culturais do município. O processo eleitoral, que contou com o apoio da SECULT, oportunizou aos conselheiros o diálogo junto à gestão municipal na deliberação de propostas, programas, ações e diretrizes capazes de consolidar políticas públicas de cultura.

CARNAVAL CULTURAL: Antes mesmo dos festejos carnavalescos, a SECULT promoveu o tradicional Concurso de Rei Momo, Rainha e Princesas do Carnaval. O evento movimentou a cidade e reuniu centenas de pessoas que se divertiram nesse dia especial. A tradicional Bagunça da Cubamba também não ficou de fora da programação e “invadiu”com muita irreverência e alegria o Largo da Cubamba.  

O Carnaval Cultural do ano passado trouxe como tema: “A arte de se transformar e brincar”. O que não faltou foi muita alegria e animação com uma programação voltada para a valorização das manifestações culturais e artistas locais. Dentre muitas as atrações que se apresentaram na sede e nos bairros da cidade, fizeram parte da programação charangas, samba de raiz, bandas infantis, marchinhas de Carnaval, bloco infantil, arrastões culturais, baile cultural para idosos e pessoas com necessidades especiais, grupos juvenis, reisado, além de oficinas culturais, exposições fotográficas, mostra culturais e inúmeras outras ações.

Após tanto brilhantismo no Carnaval, a SECULT, em mais uma ação, reconheceu e valorizou os artistas e as manifestações culturais locais, com Premiação dos Melhores do Carnaval Cultural. E por falar em reconhecimento, no período junino, a SECULT realizou o Concurso Cultural “São João da Minha Rua” – que avaliou e premiou a comissão responsável pela decoração das ruas da cidade.

INCENTIVANDO A LEITURA ATRAVÉS DA CULTURA: O papel da SECULT também é o de incentivar a leitura através da cultura. Nesse viés, a secretaria demonstrou mais uma vez o seu compromisso com os franciscanos, ao promover e prestigiar o lançamento do livro: São Bento – Conversando com sua História, do Projeto “Trilhando na Cultura”.Um projeto de iniciativa popular, onde moradores, em sua maioria do bairro de São Bento, puderam retratar a história e a cultura do povo franciscano. Por meio do edital e com o patrocínio do Fundo Municipal de Cultura, foi possível concretizar esse projeto por meio da escrita e da criação do livro que foi escrito e ilustrado por 17 crianças da comunidade de São Bento. 

QUALIFICAÇÃO: Com o intuito de incentivar a cultura local nas suas mais variadas formas de expressão, por meio do desenvolvimento sustentável nas áreas das Artes e do Artesanato, a SECULT, por meio do Projeto Cultura Mais 2019, realizou a Oficina de Artesanato Cultural com o produto ponteira de lápis (boneca das Paparutas).

Para além disso, a secretaria também promoveu aulas de Canto e Coral e de Teclado. Jovens, adultos e crianças tiveram a oportunidade de descobrir os seus talentos através da música.  Outra oficina muito requisitada e aproveitada foi a de Artesanato e Dança. Os participantes puderam aprender outro ofício e se divertir.

TROFÉU AXÉ DESTAQUE: Em 2019, mais uma edição do Troféu Destaque Axé foi realizada em São Francisco do Conde. Na oportunidade, também foi celebrado o Dia das Religiões de Matriz Africana – comemorada no dia 13 de maio, além da Lei Municipal nº 361/2014, e os 05 anos do Estatuto da Igualdade Racial e de Combate a Intolerância Religiosa do Estado da Bahia – Avanços e Retrocessos. O evento teve por finalidade dialogar e valorizar a religiosidade do povo de matriz africana e os seus representantes, defensores e lideranças.

DIÁLOGOS: De propositura da SECULT, os Conselheiros da sociedade civil, empossados no Conselho Municipal de Política Cultural – COMPOCULT, participaram ativamente do Ciclo de Diálogos Sobre Cultura e Participação Social.

O Ciclo de Diálogos tratou de diretrizes que contribuíssem para a ampliação e desenvolvimento cultural do município, além de conscientizar os conselheiros da sua participação social na colaboração da criação de uma sociedade mais atuante, convicta do seu papel no resgate da cultura do município como forma de reafirmar a sua identidade cultural, além de tratar da importância de criar políticas públicas e culturais capazes de alcançar a sociedade.

Alem desta ação, também aconteceu uma Roda de Diálogos para a construção do Plano Municipal de Cultura, realizada pelo Conselho Municipal de Cultura. A iniciativa teve o total apoio da Secretaria Municipal de Cultura (SECULT). 

O Plano Municipal de Cultura é um instrumento de planejamento e execução de políticas públicas de cultura, onde nele estarão incluídas: diretrizes, objetivos, metas, ações, prazos de execução e indicadores de resultados para o seu acompanhamento. Nessa perspectiva, a SECULT, em parceria com o Conselho Municipal de Cultura, realizou uma Consulta Pública para a criação do Plano Municipal de Cultura. O objetivo foi o de reunir agentes culturais, poder público e sociedade civil para juntos dialogar sobre as propostas que farão parte do documento. Após a Consulta Pública, a concretização do Plano Municipal de Cultura se deu de forma inédita. Um marco na história e na valorização cultural de São Francisco do Conde.

CULTURA E FUTURO: Sempre prezando pela perpetuação da cultura, a SECULT seguiu ao longo do ano de 1019, assim como nos anos anteriores, apoiando ações cruciais para o exercício da cidadania e do progresso das futuras gerações. A exemplo disso se deu os diversos apoios ofertados para a realização de Batizados de Capoeira – ponto culminante da formação de novos capoeiristas. A Associação de Capoeira Africanos do Recôncavo – é uma das que a SECULT incentiva, pois entende o viés cultural, esportivo, preventivo às drogas e violência que propõe o projeto.

HOMENAGENS: A diretora de Cultura de São Francisco do Conde, Joelza Menezes, representando todo o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Cultura do município, em prol do fomento e fortalecimento das mulheres da cultura das religiões de matriz africana, bem como pelo empoderamento e garantia de direitos dessas mulheres, foi homenageada no II Encontro de Mulheres Negras e do Povo de Santo de Muritiba e Recôncavo.

A cerimônia, que aconteceu no dia 01 de agosto, na Câmara Municipal da cidade de Muritiba e, na ocasião, Joelza Menezes recebeu a honraria Medalha Mara Tessune, que representa a força das mulheres do Recôncavo Baiano. Além dela, outras personalidades do município também foram homenageadas, a exemplo de Alva Célia Medeiros, Sônia Mangabeira, Djane, Marise de TeroMãe Cristina de D. João, Mãe Rose de Paramirim, Mãe Dulce e Mãe Irene de Muribeca. Na ocasião, o secretário de Cultura do município franciscano, Osman Ramos, também participou da solenidade.

DIA MUNICIPAL DO SAMBA DE RODA: Em comemoração ao Dia Municipal do Samba de Roda de São Francisco do Conde, cuja data se celebra em 25 de novembro, a SECULT realizou uma grande e diversificada programação, que inclui exibição de documentário, participação dos Grupos de Samba Chula e Samba Corrido; apresentação de Samba Mirim e Roda de Samba com os Mestres (as) do Samba, entre outras ações. Na oportunidade, foram homenageados Mestres do Samba, a exemplo de Mestre Carlos Bispo de Jesus Carmelito – representando o Samba Chula e Mestra do Samba Valnisia Costa (Val de Lina) – representando o Samba Corrido.

100 ANOS, LAVAGEM DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DA PRAIA: O tema do centenário da Lavagem de Nossa Senhora da Conceição da Praia do ano passado não poderia ter sido outro, a não ser: “Protegendo a tradição e mantendo viva a chama da fé”. Os festejos, que contou com o apoio da SECULT, atraiu uma multidão que acompanhou com muita alegria o cortejo das baianas que percorreram as ruas do município até a igreja que leva o nome da santa, na Orla Marítima, onde aconteceu a lavagem do adro.

São 100 anos de muita fé e tradição. Esta é uma das grandes riquezas do nosso município, pois faz parte da nossa cultura“, destacou, na ocasião, o secretário Osman Ramos, gestor da Secretaria Municipal de Cultura – SECULT.

SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO – SECOM

Em todas as ações da gestão, envolvendo todas as suas secretarias e departamentos, as equipes da SECOM sempre estiveram presentes registrando, compartilhando e informando a população franciscana. Agilidade, transparência e credibilidade sempre foram as diretrizes da Secretaria de Comunicação de São Francisco do Conde.

Para além das coberturas jornalísticas, do trabalho publicitário e das criações audiovisuais, a SECOM também esteve envolvida diretamente na produção de um documentário queeternizou a memória e as tradições dos grupos de samba de São Francisco do Conde.

Com depoimentos emocionantes sobre a vida e a obra dos mestres cantadores de chula e tocadores de viola, a Prefeitura, através das secretarias municipais de Comunicação (SECOM) e Cultura (SECULT), realizou uma linda e pioneira ação em comemoração ao Dia Municipal do Samba de Roda.

Os representantes dos grupos de samba chula e samba corrido receberam das mãos das autoridades presentes um pendrive e um DVD com a gravação de um documentário sobre as memórias e as tradições desses grupos, que reflete o que é ser franciscano.

Sobre essa iniciativa, a secretária de Comunicação, Vanessa Dantas, rendeu elogios e agradecimentos. “Agradeço ao prefeito Evandro Almeida pela oportunidade de fazer parte desse projeto que está contemplando 17 sambas do município. Pelo que eu soube, há muito tempo os grupos não tinham nenhum arquivo que registrasse sua história e, agora, eles poderão levar esse material mundo afora com as tradições de São Francisco do Conde. Agradeço o carinho de todos. Muito obrigada!“.

Diante dessas palavras, fica claro o objetivo e o papel da SECOM, que é o de levar informação de qualidade aos franciscanos, sobretudo com relação aos avanços proporcionados pelo trabalho que vem sendo executado na gestão Evandro Almeida, além de apoiar ações que preserve a identidade cultural do povo franciscano.